A paz, se possível, mas a verdade, a qualquer preço.(Martinho Lutero)

BLOG ALFA PAPA MG .A paz, se possível, mas a verdade, a qualquer preço.(Martinho Lutero)

sábado, 2 de julho de 2016

Reclamações do CFTP da 4 RISP- JUIZ DE FORA!

Do blog da Renata PimentaLink!






"Tem algo ocorrendo no CFTP 2016 da 4 RISP, que não é o ideal.
A empresa que cuida dessa parte é a IBFC
Ninguém quer falar ou manifestar, digo coordenação do CFTP 2016 da Quarta RISP, mas o local que conseguiram em Juiz de Fora, que é a UNIPAC no Centro, não é o adequada!
Estão liberando as 16:30 hrs, quando o correto, seria próximo as 18 hrs, pelo local, que não possui auditório, tão pouco, quadra coberta!
Agora estou na dúvida, quem é responsável pela impasse, se é a IBFC ou a SEDS!
Esse é o estacionamento da UNIPAC do Centro de Juiz de Fora! (Vide foto).
O local obviamente, tem salas, biblioteca e uma quadra interna, tb descoberta!
Curso de formação esta sendo feito "nas coxas",Nas coxas mesmo, depois o Sistema fica ruim, pois já começa tapando o sol com a peneira!
E quem questiona, não tem oportunidade, sem contar, que a Corregedoria fica no pé.
Por isso, que ninguém fala nada!
Por favor, leia e tome ciência de fato ocorrido no CFTP - 2016 / 4 RISP:
Obs: UNIPAC de Juiz de Fora/MG, local sem quadra coberta!
UNIPAC - Centro." Cadê o SINDASP para
Fiscalizar?
Veja as imagens:

quinta-feira, 30 de junho de 2016

E com muito pesar que replico a notícia abaixo sabendo-o que o referido Projeto de Lei Complementar 162/2015 é CONSTITUCIONAL conforme o artigo 169 inciso VI da Constituição Federal: " A transposição,o remanejamento ou a transferência de recursos de uma categoria de programação para outra ou de um órgão para outro, SEM PRÉVIA AUTORIZAÇÃO LEGISLATIVA." Grifo meu.                                     28/06/2016 - 15h06
Comissão aprova repasse de recursos para batalhões de choque das Polícias Militares
Lucio Bernardo Junior/Câmara dos Deputados
Carlos Henrique Gaguim
Carlos Henrique Gaguim: recursos do Fundo Penitenciário podem contribuir para a formação mais completa de profissionais e colocar equipamentos modernos à disposição dos policiais
A Comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado, da Câmara dos Deputados, aprovou o Projeto de Lei Complementar 162/15, do deputado Mandetta (DEM-MS), que permite aos batalhões de choque das Polícias Militares receberem recursos do Fundo Penitenciário Nacional (Funpen).

O dinheiro deve ser usado para a aquisição de material permanente, equipamentos, armamento, capacitação ou compra de veículos. A proposta altera a Lei Complementar 79/94, que criou o Funpen.

O objetivo, segundo o autor, é evitar o sucateamento de diversas estruturas das Polícias Militares. “Sem condições de renovar a frota, muitas dessas polícias vêm recorrendo à terceirização de veículos”, disse.

Segundo o relator, deputado Carlos Henrique Gaguim (PTN-TO), os recursos do fundo podem contribuir para a formação mais completa de profissionais e colocar equipamentos modernos à disposição dos policiais.

Tramitação
A proposta tramita com prioridade e será analisada pelas comissões de Finanças e Tributação e Constituição e Justiça e de Cidadania, antes de ser apreciada em Plenário.

ÍNTEGRA DA PROPOSTA:

PLP-162/2015
Reportagem – Emanuelle Brasil
Edição – Newton Araújo

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'


ComentarEnviar opinião para os deputadosImprimir

COMENTÁRIOS

Fonte: www.camara.gov.br

terça-feira, 28 de junho de 2016

Curso Operador de Fuzil Policial tem participação do Agente Prisional de MG Márcio Cleiton

O Agente Márcio Cleiton conclui mais um curso bélico em SP



ASP MÁRCIO CLEITON - MONTES CLAROS/MG

www.blogdoalexandreguerreiro.com

Entrevista:


Márcio Cleiton qual a emoção de concluir mais um curso ofertado pelo CTT-CBC?

Em primeira mão quero agradecer a Deus por me conduzir e proporcionar fazer o que eu mais gosto, a motivação da minha esposa que acredita em mim e nos meus sonhos e aos amigos que sempre acompanham meu trabalho; - eu sinto uma sensação incontida, quando estou no Estande Tiro exercitando o manuseio com ferramentas bélicas numa proporção tática que condiz com a realidade.

Márcio o curso te ajuda no dia a dia?

Sim! Muito, pois o curso é tático policial, o qual recebo a capacitação dos melhores instrutores de tiro da América Latina realizando exercícios de 36 horas aula de curso: "900 disparos de fuzis. 556 e. 762", diga-se de passagem o curso expõe um patamar diferente de qualquer curso existente no País; entretanto, o pagamento e custos e gerado por recurso próprios, uma vez que, faltam políticas de bolsas no sistema prisional para ajudar operados que buscam capacitação noutras escolas de treinamento, porém, alguém que nos represente compartilhe a ideia.


Agradecimentos:



Retribuo um forte abraço à Equipe de instrução NOTA MIL, e aos colegas, que juntos compartilhamos e extraímos o melhor para levarmos conosco.


Enfim, fiz excelentes amigos que deixei na Polícia Civil de SP (GARRA,GER e demais), além da galera de MG que não poderia faltar, e agradecer o Agente Alexandre Guerreiro pelo espaço de mídia no seu canal de comunicação.

Até a próxima!!!!!!!



Obrigado ‪#‎CTTCBC‬







Sistema Prisional mineiro agora conta com o Núcleo de Escolta Hospitalar incluindo a cpppp em Ribeirão das Neves

Dr. Marcelo Costa Secretário Adjunto de Administração Prisional A Região Metropolitana de Belo Horizonte ganhou nesta quinta-...