A paz, se possível, mas a verdade, a qualquer preço.(Martinho Lutero)

BLOG ALFA PAPA MG .A paz, se possível, mas a verdade, a qualquer preço.(Martinho Lutero)

terça-feira, 11 de agosto de 2015


Na volta do saidão, raio X flagra droga no estômago de nove presos no DF
Detentos foram beneficiados no Dia dos Pais; eles carregavam 190 porções. Grupo foi autuado por tráfico de drogas e vai retornar ao regime fechado.
11/08/2015 16h57 - Atualizado em 11/08/2015 17h29
Por Isabella Calzolari
Do G1 DF
Raio X mostra porção de maconha no estômago de presidiário beneficiado pelo saidão no DF (Foto: Reprodução )Raio X mostra porção de maconha no estômago de presidiário beneficiado pelo saidão no DF (Foto: Reprodução )
Nove presos beneficiados no saidão do Dia dos Pais no Distrito Federal foram flagrados com 190 porções de drogas no estômago quando voltavam ao Centro de Internamento e Reeducação (CIR), no Complexo Penitenciário da Papuda, nesta segunda-feira (10). O grupo foi descoberto durante operação da Subsecretaria do Sistema Penitenciário, que contou com um scanner corporal.
De acordo com o órgão, 105 detentos passaram pela triagem. Destes, os agentes de atividade penitenciária identificaram que 12 estavam com suspeita de carregar drogas. O grupo seguiu para o Instituto Médico Legal (IML), onde foi constatado que nove tinham porções de drogas no estômago.
Entre os entorpecentes achados estão cocaína, maconha, roupinol e crack. As porções estavam embaladas em preservativos e materiais de plástico. Os nove presidiários foram levados ao Hospital Regional da Asa Norte, onde tiveram os entorpecentes expelidos por vômito ou fezes.
De lá, o grupo seguiu para a 30ª DP, onde foi autuado por tráfico de drogas. De acordo com o subsecretário João Carlos Lossio, a prisão representa um recorde na capital do país.
“Antigamente quando eles voltavam do saidão, eles não passavam por scanner, só era uma revista pessoal. Como a inteligência identificou a ação desse grupo, a partir de agora todos os presos vão passar por scanner após os saidões”, declarou.
“Essa quantidade de droga no sistema, eles vendem e ganham muito dinheiro dentro da cadeia. Quem está entrando com essa droga é para traficar, não só para usar. Com essas prisões, eles vão ser autuados, e o regime de pena regride. Todos estavam em regime semiaberto e agora vão para o fechado, além de responder por novo crime e ser transferido de unidade.”
Lossio disse que somente neste ano foram presas 113 pessoas por tráfico de drogas em unidades prisionais, sendo 88 mulheres e 25 homens, entre internos e visitantes.
Presos beneficiários do saidão que tentaram entrar em unidades prisionais do DF com maconha no estômago (Foto: Sesipe/Divulgação)Presos beneficiários do saidão que tentaram entrar em unidades prisionais do DF com maconha no estômago (Foto: Sesipe/Divulgação)
Operação Braço Longo da Lei
Entre sexta e domingo, a subsecretaria fez uma operação para fiscalizar todos os 1,5 mil detentos beneficiados pelo saidão do Dia dos Pais. No primeiro dia da ação, 25 detentos foram recolhidos para unidades prisionais.
Nos três dias de operação, 2.456 residências foram visitadas. Ao todo, 151 detentos foram recolhidos pelo descumprimento de regras estabelecidas pela Vara de Execuções Penais. Foram apreendidas duas armas de fogo e munições.
Participaram da ação 40 equipes compostas de 180 servidores. O grupo se concentrou no Centro de Progressão Penitenciária (CPP) na tarde de sexta, onde recebeu orientações sobre a ação.
Os presos que cometem infrações durante o período e são pegos em flagrante perdem todos os direitos já alcançados. A pena do novo crime soma-se às outras. O saidão é concedido em datas comemorativas específicas, como Dia dos Pais, Natal, Páscoa e Dia das Mães, para confraternização e visita aos familiares.
Nos dias que antecedem as datas, a Vara de Execuções Penais edita uma portaria que disciplina os critérios para concessão do benefício da saída temporária e as condições impostas aos condenados, como o retorno ao estabelecimento prisional no dia e hora determinados.