Liga CASP .A paz, se possível, mas a verdade, a qualquer preço.(Martinho Lutero)

BLOG ALFA PAPA MG .A paz, se possível, mas a verdade, a qualquer preço.(Martinho Lutero)

sexta-feira, 3 de julho de 2015

DA CADEIA PÚBLICA

Fuga de 24 presos mobiliza polícia em Várzea da Palma

Policiais civis e militares estão realizando buscas para encontrar os detentos, que fugiram nesta sexta-feira, na hora do almoço; há a suspeita de que eles roubaram um carro e levaram uma arma na fuga

PUBLICADO EM 03/07/15 - 16h02
A polícia procura por 24 presos que fugiram da cadeia pública de Várzea da Palma, no Norte de Minas, no início da tarde desta sexta-feira (3), após render um agente penitenciário que trabalhava sozinho servindo o almoço aos detentos. De acordo com a Polícia Militar (PM), há suspeita de que os detentos tenham levado com eles uma espingarda calibre 12.

A Polícia Civil informou que o agente penitenciário que estava na unidade abriu a galeria que dá acesso às celas para fazer a entrega do almoço e foi rendido por presos que tinham serrado as grades. De acordo com a polícia, havia 76 presos na cadeia no momento do incidente. Desses, 24 conseguiram fugir. Até o momento, a corporação não confirma a recaptura de nenhum dos detentos.
A Polícia Civil alega que o efetivo na unidade é de apenas um agente por turno e que os funcionários são disponibilizados pela Secretaria de Estado de Defesa Social (Seds). A corporação foi questionada sobre como é feita a distribuição dos agentes disponibilizados pelo convênio e ainda não respondeu. A capacidade total da unidade não foi confirmada pela polícia.
Clima tenso
Uma moradora da cidade, que pediu para não ser identificada, disse que a fuga ocorreu por volta de 11h. Parte do grupo ainda teria roubado um carro para fugir. "Está todo mundo assustado, principalmente porque eles estão armados. Os moradores daqui estão ligando uns para os outros para avisar sobre a fuga", disse a mulher. 
A  cadeia pública de Várzea da Palma está localizada na avenida Salvador Roberto, no centro, e é um prédio anexo à delegacia da cidade. O local é cercado por muitos comércios e residências, em uma área de grande movimentação de pessoas.
De acordo com o funcionário de um restaurante que fica a 100 m da cadeia pública, ele e os colegas não perceberam nenhuma movimentação estranha na região devido à fuga, no momento em que ela ocorreu. Apesar disso, o funcionário, que preferiu o anonimato, confirmou que o clima na cidade é de apreensão.
“A gente fica preocupado, com medo. Ontem (nessa quinta) mesmo soubemos de um homicídio, a noite, na área de eventos. A cidade está muito violenta”, contou. Ainda de acordo com ele, o rastreamento na cidade está intenso. “Tem viatura passando toda hora, com giroflex ligado”, disse.
Os moradores acreditam que entre os bandidos foragidos estão, principalmente, traficantes e acusados de homicídios. A Polícia Civil, no entanto, informou que os fugitivos estavam presos por crimes como roubo, furto e tráfico de drogas. 
Várzea da Palma possui cerca de 35 mil habitantes e está distante 300 km da capital. 
Déficit de 26 mil vagas
De acordo com dados divulgados em junho pela Seds, Minas Gerais possui 67.238 presos. Sob responsabilidade da Subsecretaria de Administração Prisional (Suapi), há 58.066 detidos para 32 mil vagas disponíveis. O déficit, portanto, é de cerca de 26 mil vagas.
Há ainda aqueles detentos sob responsabilidade da Polícia Civil (4.276) e da Polícia Militar (92), presos em Associações de Proteção e Assistência ao Condenado Apacs (2.590) e monitorados por tornozeleira eletrônica (2.214). A Seds não informou o número de vagas disponíveis nesses últimos casos.
Atualizada às 19h21.