Liga CASP .A paz, se possível, mas a verdade, a qualquer preço.(Martinho Lutero)

BLOG ALFA PAPA MG .A paz, se possível, mas a verdade, a qualquer preço.(Martinho Lutero)

terça-feira, 16 de junho de 2015

VOCÊ CONCORDA COM A CRIAÇÃO DA POLÍCIA PENAL?? RESPONDA A PESQUISA .No Brasil, o estudo sobre os agentes penitenciários tem sido negligenciado em favor de estudos sobre presos e presas” e “é impossível entender a experiência da vida na prisão para os presos, ou as variações significativas entre prisões, sem uma clara compreensão do papel do agente penitenciário (Liebling, 2000)”, como referência à importância de pesquisa com foco no profissional do sistema prisional.

pensando direitoO Ministério da Justiça, através da sua Secretaria de Assuntos Legislativos, do Departamento Penitenciário Nacional (Depen) e em parceria com o Instituto de Pesquisa Econômica e Aplicada (IPEA) estão desenvolvendo a pesquisa “Pensando Direito: Diagnóstico dos Serviços Prisionais do Brasil”.
O Projeto de Pesquisa (Chamada Pública IPEA/PNPD nº 097/2014, publicada no dia 14 de agosto de 2014) tem por objetivo conhecer a organização, o perfil e as representações dos serviços e servidores penitenciários (com foco nos agentes penitenciários) nos diferentes sistemas penitenciários dos estados e no sistema penitenciário federal.
Por que é importante responder à pesquisa?
Por que a pesquisa tem o foco no agente penitenciário e possibilitará o desenvolvimento de políticas públicas voltadas à realidade do atual servidor. Em seu campo de Justificativa, o projeto de pesquisa destaca aspectos como: “No Brasil, o estudo sobre os agentes penitenciários tem sido negligenciado em favor de estudos sobre presos e presas” “é impossível entender a experiência da vida na prisão para os presos, ou as variações significativas entre prisões, sem uma clara compreensão do papel do agente penitenciário (Liebling, 2000)”, como referência à importância de pesquisa com foco no profissional do sistema prisional.
Como responder à Pesquisa?
Para responder à pesquisa é só clicar no link (http://josejesus.info/survey/index.php/766287/lang-pt-BR) e preencher os dados solicitados. Após isso, o link com a pesquisa será enviado ao seu e-mail.
A pesquisa é coordenada pela Dra. Christiane Russomano Freire e são firmadas garantias de informação, retirada de consentimento e sigilo e anonimato.