A paz, se possível, mas a verdade, a qualquer preço.(Martinho Lutero)

BLOG ALFA PAPA MG .A paz, se possível, mas a verdade, a qualquer preço.(Martinho Lutero)

segunda-feira, 25 de maio de 2015

EGUNDA CIDADE

Prefeitura de Contagem aprova armamento da Guarda Municipal

Prefeito Carlin Moura assinou decreto na última sexta-feira (22); além da cidade, a capital também já deu parecer favorável sobre o uso de armas pela guarda

Enviar por e-mail
Imprimir
Aumentar letra
Diminur letra
Fonte Normal
PUBLICADO EM 25/05/15 - 10h51
A Prefeitura de Contagem decidiu pelo armamento da Guarda Municipal. O decreto foi assinado pelo prefeito Carlin Moura, na última sexta-feira (22). Depois do longo debate da causa em Belo Horizonte, que voltou à tona com o ferimento de uma guarda em uma confusão com policiais militares, no início deste ano, e culminou na decisão favorável na capital, a cidade é a segunda a permitir o armamento dos guardas, mas pode ser a primeira a ter os servidores efetivamente armado, caso o cronograma de treinamento seja cumprido ainda este ano.

"Este ato representa a convicção que a Guarda Municipal de Contagem está apta, qualificada, para exercer a proteção da sociedade. Por isso, não tenho dúvida em atribuir essa função a esses profissionais da segurança do município", afirmou o prefeito.
A previsão é de que, inicialmente, 150 guardas estejam armados nas ruas a partir dos próximos 90 dias. O objetivo é capacitar e treinar todo o efetivo, de 462, até o ano que vem. O processo de capacitação, segundo a assessoria de imprensa da prefeitura, foi iniciado no dia 18 de maio.
Nesse primeiro momento, os guardas passarão por exames psicológicos, em seguida farão o curso teórico e prático para o uso de arma de fogo. O treinamento será ministrado pela Fundação de Ensino de Contagem (Funec), e após a conclusão da capacitação, por meio de convênio firmado com a Polícia Federal, o comando da guarda terá a liberação para que o efetivo trabalhe portando arma de fogo.  
Moura ainda destacou que cada divisão da corporação tem realizado um importante trabalho integrado aos demais órgãos de segurança, como nas Redes de Vizinhos Protegidos, no comércio, nas ruas, nas escolas e na preservação ambiental. 
O secretário municipal de Defesa Social, José Rodrigues, pontuou que o armamento mudará a postura da guarda ao enfrentar as ocorrências e explicou o processo de capacitação. "Cerca de 150 guardas iniciaram os exames psicológicos e a próxima etapa será o curso teórico e prático, realizado pela Funec e ministrado por instrutores credenciados pela Polícia Federal. Após a formação, a guarda prestará um suporte mais qualificado, sem perder de fato a sua natureza e seu caráter de guarda cidadã, que exerce um trabalho comunitário".
Atualizada às 13h

O que achou deste artigo?
2
4
6
8