A paz, se possível, mas a verdade, a qualquer preço.(Martinho Lutero)

BLOG ALFA PAPA MG .A paz, se possível, mas a verdade, a qualquer preço.(Martinho Lutero)

quinta-feira, 30 de outubro de 2014

TIDIANO

Assalto a banco tem reféns, feridos e dinheiro jogado ao povo na Bahia

Carlos Madeiro
Do UOL, em Maceió 
  • Reprodução
    Câmera de segurança mostra pelos menos oito homens fugindo com os dois reféns
    Câmera de segurança mostra pelos menos oito homens fugindo com os dois reféns
Um grupo composto por ao menos dez homens armados com metralhadoras e rostos cobertos invadiu a cidade Uauá (427 km de Salvador, na Bahia) e assaltou a agência do Banco do Brasil, no centro do município, na manhã desta quinta-feira (30).
Segundo a polícia, os homens chegaram em duas camionetes  e estavam fortemente armados. Houve pânico e correria, já que o assalto ocorreu por volta das 8h (9h no horário de Brasília).
Na chegada, eles atiraram nos dois vigilantes da agência, que foram socorridos e levados ao hospital da cidade, mas --segundo as primeiras informações-- não correm risco de vida.
Uma imagem captada por uma câmera de segurança mostra pelos menos oito homens fugindo com os dois reféns e de posse de uma metralhadora.
A imagem foi divulgada pelo Sindicato dos Bancários da Bahia, que já classifica 2014 como um dos mais violentos no setor da história. Somente em outubro foram 22 ocorrências registradas no Estado.

Dinheiro para o alto

Após o assalto, os homens fugiram disparando tiros para o alto e jogando dinheiro para a população.
"Não sabemos dizer exatamente se sabe quantos homens foram, mas eram entre dez a 15. Eles ainda levaram dois funcionários do banco reféns, mas que foram liberados em seguida", afirmou Germano Gonçalves, investigador de polícia.
O policial disse ainda que os assaltantes deram vários tiros em vidraças, e explicou que não há efetivo militar suficiente para reagir a um assalto desse porte.
"Não tem como ter reação, o local é muito aglomerado de pessoas. Temos um efetivo pequeno, especialmente a Polícia Militar, que, pelo o que sei, tinha uma viatura com três a quatro homens", afirmou.
A polícia ainda não tem suspeitos do crime e vai investigar o caso. Esse não foi o primeiro assalto à agência na cidade. Segundo a polícia, em 2006 houve outro ataque ao local.

Relembre crimes e julgamentos 

quarta-feira, 29 de outubro de 2014

DEMOCRACIA

Após pressão por golpe, Clube Militar diz que 'maioria decidiu'
Internautas pressionam Exército por ação, mas oficiais da reserva descartam: 'É a regra'

Clube Militar
Clube Militar defende o respeito ao resultado das urnas
VEJA TAMBÉM

 video Gestão Pimentel já procura siglas para integrar nova base governista
 video Ministro do STF libera Dirceu para cumprir restante da pena em casa
 video Vice de Aécio não aceita diálogo com Dilma e promete "não dar trégua"
Mais
PUBLICADO EM 28/10/14 - 17h29
DA REDAÇÃO
Após centenas de mensagens povoarem as redes sociais do Exército pedindo uma intervenção armada que contivesse a vitória da presidente Dilma Rousseff (PT) (clique aqui para ler), o Clube Militar, tradicional instituição formada por oficiais da reserva defendeu a democracia, destacando que "a maioria decidiu".
O Clube Militar, que demonstrou posições favoráveis a Marina Silva (PSB) e a Aécio (PSDB), achava que o tucano afastaria o país "de uma possível mudança de regime que nos colocaria à margem da democracia” e interromperia “o projeto de poder representado pelo PT, em marcha acelerada para a sovietização do país”. Agora, no entanto, realçou o respeito ao resultado definido pela população.

Veja a nota:

"Perder nunca é um fato facilmente aceitável, mas faz parte do jogo e da vida. Derrotar-se é que não é aceitável.
O Brasil é nosso.
A Democracia, caminho que defendemos ardorosamente, estabelece isso. A maioria decidiu. Não interessa que não seja a nossa opção. É a regra.
Assim devemos exercer a nossa cidadania, exigindo do Governo a postura que consideramos correta, a transparência que até hoje foi sonegada, a competência que o País necessita, enfim, vamos fiscalizar.
Temos um Congresso e outras Instituições.
Não vamos baixar a cabeça.
Vamos continuar lutando pelo Brasil, cada um fazendo a sua parte.
Um Sócio Ilustre

terça-feira, 28 de outubro de 2014

DEMOCRACIA

Após pressão por golpe, Clube Militar diz que 'maioria decidiu'

Internautas pressionam Exército por ação, mas oficiais da reserva descartam: 'É a regra'

Clube Militar
Clube Militar defende o respeito ao resultado das urnas
PUBLICADO EM 28/10/14 - 17h29
Após centenas de mensagens povoarem as redes sociais do Exército pedindo uma intervenção armada que contivesse a vitória da presidente Dilma Rousseff (PT) (clique aqui para ler), o Clube Militar, tradicional instituição formada por oficiais da reserva defendeu a democracia, destacando que "a maioria decidiu".
O Clube Militar, que demonstrou posições favoráveis a Marina Silva (PSB) e a Aécio (PSDB), achava que o tucano afastaria o país "de uma possível mudança de regime que nos colocaria à margem da democracia” e interromperia “o projeto de poder representado pelo PT, em marcha acelerada para a sovietização do país”. Agora, no entanto, realçou o respeito ao resultado definido pela população.
 
Veja a nota:
 
"Perder nunca é um fato facilmente aceitável, mas faz parte do jogo e da vida. Derrotar-se é que não é aceitável.
O Brasil é nosso.
A Democracia, caminho que defendemos ardorosamente, estabelece isso. A maioria decidiu. Não interessa que não seja a nossa opção. É a regra.
Assim devemos exercer a nossa cidadania, exigindo do Governo a postura que consideramos correta, a transparência que até hoje foi sonegada, a competência que o País necessita, enfim, vamos fiscalizar.
Temos um Congresso e outras Instituições.
Não vamos baixar a cabeça.
Vamos continuar lutando pelo Brasil, cada um fazendo a sua parte.
Um Sócio Ilustre

segunda-feira, 27 de outubro de 2014


27/10/2014 às 13h28

Cozinheiro de presídio tenta entregar celular para detentos e acaba preso

Rapaz recebeu cerca de R$ 2.300 pela entrega
Do R7 com Record Minas
Nascimento admitiu o crimeRecord Minas
Um cozinheiro do Presídio de Montes Claros, no norte de Minas Gerais, foi preso em flagrante tentando entrar com um celular, baterias, chips e um carregador que seria entregue para detentos. Ele escondeu o material em um capacete mas o detector de metais o denunciou. 
Manoel Cicero Monteiro do Nascimento, de 23 anos, era funcionário terceirizado da unidade e iria entregar encomendas para os presos pela terceira vez. Com o rapaz a polícia encontrou ainda R$ 805 em dinheiro e um comprovante de depósito de R$ 1.500.
O rapaz admitiu o crime e afirmou que os destinos da encomenda eram dos pavilhões E e F.  
— Eles [detentos] pagaram R$ 800 e o depósito é dos outros [celulares] que eu levei.  
O suspeito contou ainda que a mulher de um dos presos combinava como a entrega seria feita.  
A Secretaria de Estado de Defesa Social informou que o setor de inteligência do presídio já monitorava o Nascimento. A direção da unidade instaurou procedimento interno para apurar o caso e notificou a empresa em que o homem trabalhava

Castração, se vira moda , contra pedófilos estupradores, !

segunda-feira, 27 de outubro de 2014

POPULAÇÃO PEGA ESTUPRADOR E METE A PEIXEIRA NO PÊNIS DELE

No estado indiano de Rajasthan moradores fizeram justiça com as próprias mãos.Espancaram brutalmente um homem suspeito de tentativa de estrupo.O suposto estuprador otchlenili teve seu pênis,cortado e após socorrido foi levado ao hospital em estado crítico. O massacre ocorreu na cidade de Sri Ganganagar.
Transeuntes ouviu os gritos da menina que após o homem de 40 anos de idade, telo presa à parede tentava lhe estuprar. Na cena, as pessoas vieram correndo. Eles pegaram o suspeito e o levaram para o açougue, onde ocupou um linchamento, escreve The Daily e Sunday Express . O suposto estuprador foi espancado e depois teve seu pênis cortado com
uma machadinha onde seria colocado no abate. Na imprensa tem fotos tiradas por um dos vigilantes. Algumas imagens não foram incluídos na publicação pelo o fato de ser muito chocante. De acordo com moradores locais,os mesmos viram o homem agonizando ao solo se esvaindo em sangue, mas ninguém veio para ajuda-lo . Todo mundo sabia que ele foi punido por crimes sexuais. "Recentemente, temos visto um monte de crimes em nosso país, cometidos contra as mulheres,sendo elas algumas meninas,que foram estupradas e enforcadas. É hora de parar com isso,. "- disse um dos moradores. Segundo ele, o pênis cortado é uma severa advertência para aqueles que querem repetir,e seguir a vida de estuprador "Se você fizer isso, você vai ser punido", - concluiu o indiano.

segunda-feira, 27 de outubro de 2014

Agentes penitenciários flagraram um policial militar tentando entrar na unidade com sete aparelhos celulares

Agentes penitenciários do presídio de Segurança Máxima do Sistema Prisional AL, flagraram na manhã deste domingo, 26, um policial militar tentando entrar na unidade com sete aparelhos celulares. Trata-se do soldado Francisco de Assis Pereira da Silva, lotado no Batalhão Escolar.

Celulares e equipamentos apreendidos com o militarSegundo informações de funcionários do presídio, o militar estava com uma bolsa e se dirigiu a um dos banheiros da unidade para entregar os aparelhos quando foi flagrado. A Polícia Militar foi acionada e encontrou também dois carregadores, cabos USB, 10 baterias, pendrives e outros acessórios de comunicação.
Em nota à imprensa, o Comando da Polícia Militar informou que "os procedimentos legais e administrativos de correição junto à Corregedoria Geral da PM e Delegacia Geral da Polícia Civil já estão sendo providenciados e que esta corporação não compactua com condutas dessa natureza, por parte de seus integrantes, portanto a conduta será apurada com o rigor da lei", diz a nota.
"De toda forma, nossa legislação permite que sejam detectados e sanados rapidamente os desvios de conduta, possibilitando preservar os bons policiais, o que representa a totalidade da corporação".
Fonte: Com informações da Ascom/PM
 http://www.alagoas24horas.com.br/ Danielle Silva