A paz, se possível, mas a verdade, a qualquer preço.(Martinho Lutero)

BLOG ALFA PAPA MG .A paz, se possível, mas a verdade, a qualquer preço.(Martinho Lutero)

sexta-feira, 23 de maio de 2014

DETENTO DO SEMIABERTO É EXECUTADO A TIROS DENTRO DO CARRO Jorge BengocheaemBLOG DA INSEGURANÇA - Há 10 minutos

DETENTO DO SEMIABERTO É EXECUTADO A TIROS DENTRO DO CARRO

Jorge BengocheaemBLOG DA INSEGURANÇA - Há 10 minutos
*DIÁRIO GAÚCHO 22/05/2014 | 12h15* *Jovem é morto a tiros dentro de carro em Santa Cruz do Sul. Segundo a polícia, vítima de 29 anos era detento do semiaberto e teria saído do presídio de carona com um amigo na manhã desta quinta-feira* Pelo menos 12 tiros foram disparados contra o Corsa, onde o detento estava na caronaFoto: Vanessa Kannenberg / Agência RBS *Vanessa Kannenberg* Um jovem de 29 anos morreu, nesta quinta-feira, após ter sido atingido por disparos de arma de fogo quando estava dentro de um carro, no Centro de Santa Cruz do Sul. De acordo com a Polícia Civil, Rodrigo... mais »

Cota para negros em concursos não muda concorrência, diz especialista

Grupo Ciências CriminaisemGrupo Ciências Criminais - Há 12 minutos
( *Foto: Gustavo Moreno/CB/D.A Press *) *“A competição não muda, só se torna mais justa", disse o professor de antropologia da Universidade de Brasília (UnB) José Jorge de Carvalho* *Guilherme Araújo – Do Correio Braziliense* Caso a presidente Dilma Rousseff sancione, até o fim do mês, o projeto de lei que destina 20% das vagas de seleções públicas para negros e pardos, alguns concursos serão até 40% reservados a cotistas. Isso porque estão em vigor a Lei nº 8.112/1990 e o Decreto nº 3.298/1999, que obrigam os órgãos a disponibilizarem de 5% a 20% do total de chances oferecidas à... mais »

TRAFICANTES TOMAM CONTA DE LOTEAMENTOS POPULARES

Jorge BengocheaemBLOG DA INSEGURANÇA - Há 19 minutos
*DIÁRIO GAÚCHO 23/05/2014 | 08h13* *Traficantes tomam conta de loteamentos populares na Restinga. Criminosos já correram mais da metade dos moradores dos condomínios Ana Paula e Camila, na Restinga* Moradores de residencias da Restinga vivem com medo do tráfico e tem que conviver com a insegurançaFoto: Lívia Stumpf / Agencia RBS Eduardo Torres Estavam silenciosos os caminhos entre as casas do condomínio Camila da Paz e os blocos do condomínio Ana Paula, no Bairro Restinga, na tarde de quinta-feira. A presidente da associação dos moradores, Sônia de Fátima Braga, quer acreditar ... mais »

Polícia apreende maconha dentro de mala em Três Pontas, MG

Adriana FagundesemQLO - Há 49 minutos
Cerca de 20 quilos da droga foram encontrados em veículo. Homem foi preso e encaminhado com o material para delegacia. Do G1 Sul de Minas Cerca de 20 quilos de maconha foram apreendidos na tarde desta quinta-feira (22) pela Polícia Militar em Três Pontas (MG). Segundo a polícia, a droga foi encontrada dentro de uma mala que estava em um carro com placas de Brasília (DF). Além da droga, a polícia encontrou cerca de R$ 300 em dinheiro e uma balança de precisão. Um homem de 24 anos foi preso em flagrante e encaminhado junto com o material para a delegacia da cidade. Segundo a polícia,... mais »

Homem em liberdade condicional é preso por assalto em Araxá

Adriana FagundesemQLO - Há 52 minutos
Após denúncia anônima, PM localizou preso e outros dois foram detidos. Militares localizaram arma que seria de posse do homem e de foragido. Alex Rocha Do G1 Triângulo Mineiro Um homem de 28 anos que cumpria pena em liberdade condicional foi preso por suspeita de assalto e porte de arma de fogo na tarde desta quinta-feira (22), em Araxá. E, através de denúncia anônima, a Polícia Militar soube os endereços de dois suspeitos de assalto a pontos comerciais da cidade e também chegou até eles. De acordo com os militares, ao chegarem a uma casa no Bairro Francisco Duarte, um morador autor... mais »

Áudio sobre PM que avisa roubo vira hit na internet

Grupo Ciências CriminaisemGrupo Ciências Criminais - Há 52 minutos
O áudio da ligação vazou e acabou na internet, com muitas críticas pela demora no atendimento *São José dos Campos* Uma ligação de um soldado da Polícia Militar para o Copom (Centro de Operações da Polícia Militar), na madrugada do último sábado, gerou polêmica nas redes sociais. Lotado em São Paulo, o soldado estava em Lorena e percebeu que criminosos pretendiam explodir caixas eletrônicos na cidade. Minutos antes do crime, ele viu dois carros fechando a rua perto do banco e ligou para o Copom, cujo atendimento é feito em São José dos Campos. O soldado se identificou como PM e passou ... mais »

Sem título

*Clique e ouça>>>>*

Sem título

Agora, volto a repetir, nosso foco HOJE é contra a impunidade!!! Temos que ser pacíficos, sem tiro pra cima e sem tumultuar a cidade, para não sermos comparados às outras classes. Temos que ser exemplo. Não podemos fazer passeata para não nos igualarmos por baixo. Pelo menos desta vez!!!! Senhores, eu estive em todas as reuniões do grupo força e honra!!!! A pauta ja esta sendo cumprida pelo Cmt Geral. Só que não tem como fazer tudo de uma vez. Os materiais, epi, começaram a serem distribuídos hoje. A equipe corro já foi afastada. Esta sendo formalizada a criação de procedimentos pr... mais »

DELEGADOS DE OLHO NO TRENZINHO

Jorge BengocheaemBLOG DA INSEGURANÇA - Há uma hora
*O SUL Porto Alegre, Sexta-feira, 23 de Maio de 2014. WANDERLEY SOARES* *Proposta que contempla o Judiciário e o Ministério Público poderá ter efeito dominó* Em meio à pressão de magistrados e integrantes do Ministério Público, a Comissão de Constituição e Justiça do Senado aprovou a PEC (proposta de emenda à Constituição) que permite a juízes e procuradores receberem acima do teto constitucional de R$ 29,4 mil, devendo ser contemplados também com o régio dispositivo os aposentados e pensionistas. A PEC cria adicional por tempo de serviço para a magistratura e integrantes do... mais »

SEGURANÇA NAS ESCOLAS

Jorge BengocheaemBLOG DA INSEGURANÇA - Há uma hora
*ZERO HORA 23 de maio de 2014 | N° 17805* *ARTIGO* *por Cleci Maria Jurach** Dar como causa ou origem da violência a falta de estrutura e de planejamento da prefeitura de Porto Alegre é outro engano. O trabalho da gestão educacional realizado na Capital é referência nacional e vem sendo construído dia a dia para resgatar e promover relações de respeito mútuo e boa convivência. A prefeitura, por intermédio da Secretaria Municipal de Educação (Smed) e demais órgãos do município, não admite na rede qualquer tipo de violência, seja ela dentro ou fora da escola. Os investimentos e... mais »

Princípio de Motim no Presídio de Matozinhos - COPE está no presídio para revistar todos os detentos

asp-2011emBLOG SISTEMA PRISIONAL MG - Há uma hora
Agentes penitenciários controlam princípio de tumulto no Presídio A confusão aconteceu por volta das 18h. A equipe do COPE está no presídio para revistar todos os detentos Um princípio de confusão entre os detentos do Presídio de Matozinhos foi controlado pelos agentes penitenciários no início da noite desta quinta-feira (22). De acordo com vizinhos, por volta das 18h, os presos iniciaram a confusão, sendo necessário o uso de bombas. “Os detentos começaram a gritar e, em seguida, foi iniciada as explosões. Isso durou uns 15 minutos até chegarem várias viaturas da polícia para o apo... mais »

CORPO DE MULHER SEMINUA E COM VÁRIOS FERIMENTOS PELO CORPO E CABEÇA

Jorge BengocheaemBLOG DA INSEGURANÇA - Há 2 horas
*ZERO HORA Atualizada em 23/05/2014Homicídio. Corpo de mulher é encontrado na Avenida Rio Branco em Santa Maria. Maria Silvana da Silva, 27 anos, apresentava diversos ferimentos pelo corpo e cabeça* *por Michelle Teixeira* Foto: Ananda Müller / Rádio Gaúcha Santa Maria O corpo de uma mulher foi encontrado na Avenida Rio Branco, embaixo do viaduto, próximo à Avenida dos Ferroviários, na madrugada desta sexta-feira, em Santa Maria. Por volta das 3h30min, a Brigada Militar (BM) recebeu uma ligação avisando que havia alguém estava caído embaixo do túnel da gare da viação férrea. A... mais »

FAMÍLIA DO SOLDADO ANDRÉ COBRA ATOS PARA FREAR VIOLÊNCIA

BLOG DO CABO JÚLIOemBLOG OFICIAL DO CABO JÚLIO - Há 3 horas
*Parentes e amigos participam de missa para lembrar a morte de policial* [image: 01]Saudade. Cerca de 400 pessoas compareceram ontem à celebração, incluindo moradores da região Cerca de 400 pessoas entre familiares, amigos, colegas de trabalho e moradores da região da Pampulha se reuniram nesta quinta na missa de sétimo dia do soldado da Polícia Militar (PM) André Luiz Neves, 27. Ele foi assassinado na sexta-feira enquanto tentava impedir, à paisana, um assalto no bairro Ouro Preto. Um dos suspeitos de participar do crime morreu e os outros dois estão presos. Durante a celebração, na ... mais »

SANGUE EM EBULIÇÃO

André CaféemAgentes Penitenciários de Pernambuco - Há 3 horas
A SECA FERE, A SECA MATA DESTRÓI FUTURO, DESTRÓI IDEAIS A SECA É CRUEL, A SECA MALTRATA EXTINGUE PLANTAS, EXTINGUE ANIMAIS A SECA, A FOME, A FALTA DE AJUDA HOMENS ABANDONADOS, SEM DESTINO A MORTE LENTA, A DOENÇA AGUDA HOMENS DESESPERADOS, TOTAL DESATINO É PAU, É PEDRA, É A FALTA DE CARINHO É UM POVO SOFRENDO, É UM POVO SOZINHO É A SECA CRUEL DEVORANDO O SERTÃO É UM ESPINHO DE CACTO NO SEU CORAÇÃO AH! QUEM ME DERA EU DEIXAR DE COMER TERRA E PÓ OS ALIMENTOS QUE COMO AMARGAM QUE NEM JILÓ E QUANDO CHEGA O RIGOROSO VERÃO É TEMPO DE AGONIA PARA O NOSSO CORAÇÃO QUEM VIVE SOFRE E QUEM MORRE VA... mais »

quarta-feira, 21 de maio de 2014

Senado aprova porte de arma para agentes prisionais fora de serviço


O Senado aprovou na quarta-feira (21/05) projeto de lei que autoriza porte de arma de fogo por agentes penitenciários, guardas prisionais e guardas portuários fora do serviço. O texto, que foi originalmente elaborado pelo governo federal, seguirá para sanção presidencial.
O projeto 
teve amplo apoio dos senadores e foi aprovado de forma simbólica, semnecessidade de contar os votos. O texto determina que, fora do serviço, as três categorias serão autorizadas a portar arma de fogo particular ou fornecida pelo órgão a que estão vinculados desde que trabalhem em regime de dedicação exclusiva.

Esses profissionais devem ainda ser subordinados a mecanismos de fiscalização e controle interno e terem "formação funcional adequada", segundo determina a matéria.

As três condições para o porte de arma fora do serviço foi uma exigência do Palácio do Planalto, que já havia vetado outras propostas semelhantes. Em outubro de 2013, a presidente Dilma Rousseff barrou um projeto sobre o assunto sob a justificativa de que o porte deve ser acompanhado das "devidas precauções legais".

O texto original enviado pelo Ministério da Justiça, porém, não contemplava os agentes portuários. A senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR), que era ministra da Casa Civil até janeiro deste ano, disse que o governo é contrário ao porte de arma fora do serviço para essa categoria e sinalizou a possibilidade de veto presidencial a esse artigo.

A petista votou favoravelmente ao texto, mas disse que o artigo sobre os agentes portuários – acrescentado na Câmara dos Deputados – "pegou carona" no projeto. "Quero lamentar que a Câmara tenha incluído o porte para guarda portuário. Não há justificativa", afirmou. "A presidenta vai analisar a possibilidade de manter isso ou não", alertou Gleisi.

Na justificativa do projeto, o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, explicou que a concessão do porte de arma é uma "demanda desta categoria profissional pela autorização legal para portar arma de fogo, mesmo fora do serviço, seguindo regras específicas e diferenciadas daquelas a que estão sujeitos os demais cidadãos".


O relator do texto no Senado, Gim Argello (PTB-DF), disse que os agentes e guardas prisionais e os guardas portuários "estão sujeitos a risco constante". "Para eles, a situação de perigo estende-se às suas moradias e, até mesmo, aos trajetos que fazem habitualmente fora do serviço", declarou.

Em 2013, centenas de agentes penitenciários acamparam por semanas em frente ao Congresso em defesa do pedido. Parte deles estava no plenário do Senado durante a sessão desta tarde e aplaudiu a aprovação do projeto de lei.

"Hoje esse grupo que está hoje comemorando uma luta de mais de um ano. É uma reivindicação justa que foi atendida pela presidente Dilma Rousseff", disse Gim.O Senado aprovou na quarta-feira (21/05) projeto de lei que autoriza porte de arma de fogo por agentes penitenciários, guardas prisionais e guardas portuários fora do serviço. O texto, que foi originalmente elaborado pelo governo federal, seguirá para sanção presidencial.

O projeto teve amplo apoio dos senadores e foi aprovado de forma simbólica, sem necessidade de contar os votos. O texto determina que, fora do serviço, as três categorias serão autorizadas a portar arma de fogo particular ou fornecida pelo órgão a que estão vinculados desde que trabalhem em regime de dedicação exclusiva.

Esses profissionais devem ainda ser subordinados a mecanismos de fiscalização e controle interno e terem "formação funcional adequada", segundo determina a matéria.

As três condições para o porte de arma fora do serviço foi uma exigência do Palácio do Planalto, que já havia vetado outras propostas semelhantes. Em outubro de 2013, a presidente Dilma Rousseff barrou um projeto sobre o assunto sob a justificativa de que o porte deve ser acompanhado das "devidas precauções legais".

O texto original enviado pelo Ministério da Justiça, porém, não contemplava os agentes portuários. A senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR), que era ministra da Casa Civil até janeiro deste ano, disse que o governo é contrário ao porte de arma fora do serviço para essa categoria e sinalizou a possibilidade de veto presidencial a esse artigo.

A petista votou favoravelmente ao texto, mas disse que o artigo sobre os agentes portuários – acrescentado na Câmara dos Deputados – "pegou carona" no projeto. "Quero lamentar que a Câmara tenha incluído o porte para guarda portuário. Não há justificativa", afirmou. "A presidenta vai analisar a possibilidade de manter isso ou não", alertou Gleisi.

Na justificativa do projeto, o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, explicou que a concessão do porte de arma é uma "demanda desta categoria profissional pela autorização legal para portar arma de fogo, mesmo fora do serviço, seguindo regras específicas e diferenciadas daquelas a que estão sujeitos os demais cidadãos".

O relator do texto no Senado, Gim Argello (PTB-DF), disse que os agentes e guardas prisionais e os guardas portuários "estão sujeitos a risco constante". "Para eles, a situação de perigo estende-se às suas moradias e, até mesmo, aos trajetos que fazem habitualmente fora do serviço", declarou.

Em 2013, centenas de agentes penitenciários acamparam por semanas em frente ao Congresso em defesa do pedido. Parte deles estava no plenário do Senado durante a sessão desta tarde e aplaudiu a aprovação do projeto de lei.

"Hoje esse grupo que está hoje comemorando uma luta de mais de um ano. É uma reivindicação justa que foi atendida pela presidente Dilma Rousseff", disse Gim

PARABÉNS AOS NOVOS GESTORES DO SIERRA PAPA.

SUBSECRETÁRIO --- JÁ FOI DEFINIDO O NOME

 Oficial: 


Reginaldo Subsecretário
Aganetti Superintendente

Luis Vieira - Diretor do COPE
         


           


Estou satisfeito com o Aganete como Superintendente pois ele é técnico, bom administrador e tem visão classista. Tem competência e formação adequada para o cargo.

O Luis Vieira merece o posto pois na PPP o pessoal tem o entendimento geral dos agentes de lá de que ele foi uma pessoa boa estando à frente da Direção de Segurança.

Quanto ao Subsecretário, é a primeira vez que seremos comandados por um Agente Penitenciário, alguém que bateu tranca, um de nós, pois até agora somente fomos comandados por pessoas alheias à nossa classe, gente que não conhece nossas dificuldades. Logo, somos um dos poucos estados que tem à frente um Agente Penitenciário como 01.

terça-feira, 20 de maio de 2014


Onze policiais mortos por ano

De acordo com a Aspra-MG, de 2003 até hoje, 125 PMs perderam a vida enquanto trabalhavam

01
Crime. Policial militar foi morto no bairro Ouro Preto, em uma área com muitos bares e restaurantes
PUBLICADO EM 20/05/14 - 03h00
Desde 2003, 125 policiais militares foram mortos em serviço em Minas Gerais, uma média de 11 por ano. Somados aos civis e bombeiros, esse número chega a 173 mortes nos últimos 11 anos – mais de um por mês. Os dados da Associação dos Praças Policiais e Bombeiros Militares de Minas (Aspra-MG) mostram ainda que, se forem considerados os policiais que estavam fora do horário de trabalho, cerca de 300 já foram assassinados.


Nesta terça, o comandante geral da Polícia Militar de Minas, coronel Márcio Martins Sant’Ana, vai ao Ministério da Justiça, em Brasília, apresentar, entre outras propostas, o pedido de agravamento de pena para aqueles que cometem crimes contra agentes públicos. “Neste ano, já tivemos quatro militares mortos em serviço. São policiais que se dedicam e pagam com a própria vida em prol da segurança pública”, afirmou Sant’Ana.

A discussão sobre a segurança dos militares ganhou força no último domingo, quando cerca de mil policiais protestaram após o enterro de André Luiz Lucas Neves, 27, assassinado quando tentava impedir um assalto no bairro Ouro Preto, na região da Pampulha. A categoria informou que pretende implantar a “rede de policiais protegidos”, nos moldes da rede de vizinhos e comerciantes.

Agora vai pular fogueira no sierra papa. SIERRA PAPA fechado com PAPA MIKE E PAPA CHARLIE .OK E GOLF Maré



QUESTÃO DE DIREITO: APOSENTADORIA POLICIAL, AGORA JÁ É LEI.

LEI COMPLEMENTAR Nº 144, DE 15 DE MAIO DE 2014

Art. 2º: O art. 1º da Lei Complementar no 51, de 20 de dezembro de 1985, passa a vigorar com a seguinte redação:

“Art. 1º O servidor público policial será aposentado:

I - compulsoriamente, com proventos proporcionais ao tempo de contribuição, aos 65 (sessenta e cinco) anos de idade, qualquer que seja a natureza dos serviços prestados;

II - voluntariamente, com proventos integrais, independentemente da idade:

a) após 30 (trinta) anos de contribuição, desde que conte, pelo menos, 20 (vinte) anos de exercício em cargo de natureza estritamente policial, se homem;

b) após 25 (vinte e cinco) anos de contribuição, desde que conte, pelo menos, 15 (quinze) anos de exercício em cargo de natureza estritamente policial, se mulher.” (NR)
9
Art. 3º Esta Lei Complementar entra em vigor na data de sua publicação.

Brasília, 15 de maio de 2014; 193º da Independência e 126º da República.

DILMA ROUSSEFF

E a decisão do STF favorável à Polícia Militar de São Paulo, dizendo que policial aposenta com 25??? Esta lei aprovada pela Sra. Pres. Dilma Rousseff, abre brecha para que os policiais de São Paulo percam esse direito conquistado dentro da Justiça!!!

#pensediferente

#acordabrasil blog da  Renata
Menino de 5 anos leva maconha de presente para professora em MS
Direção de escola de Campo Grande acionou o Conselho Tutelar. Criança e duas irmãs foram encaminhadas a abrigo, diz delegada.
20/05/2014 07h56 - Atualizado em 20/05/2014 07h56
Do G1 MS
Menino de 5 anos leva maconhe de presente para professora em MS (Foto: Divulgação/Polícia Civil)Droga estava enrolada em folha de caderno e foi apreendida pela Polícia (Foto: Divulgação/Polícia Civil)
Um menino de 5 anos entregou uma porção de maconha de presente para uma professora em uma escola municipal na Vila Alves Pereira, em Campo Grande. Segundo a titular da Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca), Regina Márcia Rodrigues, o Conselho Tutelar foi acionado pela direção da escola e o caso, que ocorreu na segunda-feira (19), está sendo investigado pela Polícia Civil.
O conselheiro tutelar Benedito Carlos disse ao G1que a a criança chegou até a escola com a droga e quis presentear a professora, alegando que uma 'tia' usava todos os dias e gostava.
A direção da escola acionou a Guarda Municipal, que confirmou que se tratava de maconha. O Conselho Tutelar foi acionado e o menino foi levado para um abrigo, onde foi ouvido por psicólogos e assistentes sociais. Conforme Regina, o menino confirmou que pegou o entorpecente em casa.
Equipes de conselheiros tutelares e de policiais civis foram até a residência do menino e, de acordo com Carlos, a situação do local era de abandono e sujeira. Na casa estavam um menino de 2 anos e uma adolescente de 14 anos, irmãos do menino, e outra adolescente de 17 anos com o filho, um bebê. Todos estavam sem documentos e foram encaminhados ao abrigo.
A mãe das crianças não foi localizada. O pai está preso por tráfico de drogas. A maconha que estava com o menino foi apreendida e encaminhada à Delegacia Especializada de Repressão ao Narcotráfico (Denar).

As crianças e adolescentes terão acompanhamento psicossocial e devem permanecer no abrigo como medida de proteção. A suspeita é que uma das adolescentes fosse usuária de drogas.
Conforme a delegada, a polícia investiga se as outras crianças também faziam uso da substância. O caso está sendo investigado a partir da denúncia e não foi registrado boletim de ocorrência. De acordo com Regina, testemunhas ainda serão ouvidas.
G1 entrou em contato com a assessoria de imprensa da prefeitura da capital sul-mato-grossense, mas não obteve retorno até a publicação desta reportagem.
Polícias Civil e Federal vão cruzar os braços em todo país

Associações de pelo menos 14 Estados confirmam adesão ao movimento; em Minas Gerais, sindicato dos policiais civis informou que categoria participará do protesto

01
Greve da PM. Recife teve onda de violência e precisou do Exército para conter o crime semana passada
PUBLICADO EM 19/05/14 - 22h10
As polícias Federal, Rodoviária Federal e policiais civis de 14 Estados, entre eles São Paulo e Rio, vão parar as atividades nesta quarta-feira (21). O ato nacional reivindica uma reformulação na política de segurança pública para o Brasil.

Outras polícias civis devem aderir ao movimento. Nesta terça, policiais de mais cinco Estados e do Distrito Federal fazem assembleia para definir a participação no movimento.
Apesar do apoio do coronel Marlon Jorge Teza, da Federação Nacional de Entidades de Oficiais Militares Estaduais, não está prevista a paralisação de policiais militares nos Estados.
“Você sabe qual será o legado da Copa para a segurança pública? Nenhum. Os índices de criminalidade vão reduzir em todo o país durante o evento, mas depois tudo voltará. Não há projeto voltado para o cidadão. Aquele que paga imposto e vive aqui vai continuar sem segurança”, disse Jânio Gandra, presidente da Confederação Brasileira de Trabalhadores Policiais Civis. O movimento de paralisação, previsto para durar 24 horas, é organizado pela Cobrapol, pela Federação Nacional de Policiais Federais e pela Federação Nacional dos Policiais Rodoviários Federais. Em Brasília, os policiais pretendem caminhar até o Ministério da Justiça ou a Praça dos Três Poderes (ainda será definido). No Rio, os policiais civis farão uma caminhada da Cidade da Polícia até a Tijuca, zona Norte da cidade, onde no fim do dia haverá uma assembleia da categoria.
Em São Paulo, a categoria não chegou a um acordo com o governo estadual. Está sendo preparada uma passeata para o sábado, 24.
Os policiais civis dos Estados do Amapá, Maranhão, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul e Roraima, além do Distrito Federal, realizam assembleia nesta terça (20) para definir se paralisam também seus serviços por 24 horas.
Em Minas
O Sindicato dos Servidores da Polícia Civil do Estado de Minas Gerais (Sindipol) confirmou que os policiais mineiros vão aderir à paralisação. De acordo com nota publicada no site do sindicato, a participação da categoria foi decidida pelo voto da maioria em uma reunião realizada na última sexta-feira (16). 
Ainda segundo o comunicado, na manhã de quarta-feira, os policiais devem comparecer à sede do sindicato, no bairro Lagoinha, na região Noroeste de Belo Horizonte, para discutir a pauta da Confederação Brasileira de Trabalhadores Policiais Civis (Cobrapol).
Já os policiais federais de Minas vão realizar assembleia na manhã de quarta-feira para decidir se participam ou não do protesto, já que segundo Rodrigo Porto, presidente do sindicato que representa a categoria, os agentes federais foram proibidos de entrar em greve pela Justiça.
Ônibus depredados
Trinta e cinco ônibus foram depredados em Maceió durante protestos nesta segunda-feira. Moradores de um conjunto habitacional reivindicavam melhorias no transporte coletivo, de acordo com a Polícia Militar.
Os passageiros que estavam em ônibus também aderiram ao protesto. Foi quando o vandalismo começou. O Bope entrou em confronto com os manifestantes, recorrendo a bombas de gás lacrimogêneo. Três pessoas foram detidas.
Atualizada às 22h26