A paz, se possível, mas a verdade, a qualquer preço.(Martinho Lutero)

BLOG ALFA PAPA MG .A paz, se possível, mas a verdade, a qualquer preço.(Martinho Lutero)

terça-feira, 11 de junho de 2013

PATOS DER MINAS- Detentos convertidos à igreja entregam pistola, revólver e espingarda


Essa foi a terceira devolução espontânea de armas registrada em Patos de Minas através da intervenção dos religiosos no Presídio.

O trabalho de evangelização feito por pastores da Igreja Assembleia de Deus Novo Tempo voltou a dar resultado nessa segunda-feira (10). Mais detentos foram convencidos a devolver suas armas. Essa foi a terceira devolução espontânea de armas registrada em Patos de Minas através da intervenção dos religiosos no Presídio Sebastião Satiro.

Desta vez, os envolvidos com a criminalidade devolveram um revólver, uma espingarda e uma pistola 765 com silenciador. A arma tem alto poder de fogo e equipamento usado para abafar o barulho do disparo não é muito comum. A polícia não tinha notícia da presença desse silenciador nas mais dos criminosos.

Segundo o pastor Renato Trovão, responsável pelas negociações, as armas pertencem a dois homens que antes estavam envolvidos com a criminalidade e que agora se veem mais próximos da Igreja. Um deles está preso e a arma foi devolvida por parentes. O outro está em liberdade e fez a devolução de forma espontânea.

O trabalho de evangelização feitos pelos pastores da Igreja Assembleia de Deus Novo Tempo já resultou na devolução de sete armas, inclusive na réplica de um fuzil. Segundo o pastor Renato Trovão outras armas ainda serão devolvidas nos próximos dias. O promotor Paulo Henrique Delicole elogiou o trabalho feito pelos pastores e destacou o benefício que essas ações poderão trazer no combate a violência.

De acordo com o tenente Tafuri, o trabalho dos pastores contribui de forma importante para garantir a segurança da população. No Presídio Sebastião Satiro, a direção já sentiu a diferença. Segundo o diretor de segurança, Jean Carlos da Silva, os detentos convertidos a religião mudam a forma de ser e tratar as pessoas no local.

A entrega das armas foi acompanhada também pela Polícia Civil. Depois de fotografadas e catalogadas, a pistola, a espingarda e revólver foram destruídos ali mesmo, na porta da Igreja. O delegado Luiz Mauro Sampaio lembrou que a devolução espontânea de armas está prevista em lei. Além de não ser crime, a pessoa ainda recebe uma recompensa.

Leonardo Moreira para o PLANTÃO POLICIAL MG com Jornal Patos Hoje

Curiosidades da Terra ...