A paz, se possível, mas a verdade, a qualquer preço.(Martinho Lutero)

BLOG ALFA PAPA MG .A paz, se possível, mas a verdade, a qualquer preço.(Martinho Lutero)

quinta-feira, 6 de outubro de 2011

SERÁ QUE O QUEM CHEGAVA EM BH .EXEMPLO PARA SEGURANÇA PÚBLICA


Antonio João dos Reis




Iniciou sua carreira policial na condição de investigador 
e chegou ao topo como inspetor de detetives da Furtos e Roubos.  
Ingressou na carreira de delegado atingindo o ápice como delegado 
classe Geral chefe do DEOESP. João Reis sempre foi um grande 
companheiro e a lealdade era seu lema. Foi responsável por grandes
 trabalhos policiais quando trabalhou na Metropol, na REDI, Furtos e
 Roubos e Divisão de Tóxicos. Dentre os feitos memoráveis eu destacaria um, 
pela sua coragem em cortar na própria carne.
 O famoso “Crime da Braqueara”, 
quando prendeu uma quadrilha composta de 
policiais civis e um policial federal 
envolvidos em homicídios e roubo. Foi também o
 ícone no combate ao seqüestro 
em Minas Gerais. O Jornal Estado de Minas, 
em 1996, registra suas declarações em 
entrevista e insere texto que refletem bem sua 
personalidade: “Polêmico, apesar de 
dizer o contrário, o delegado 
Antonio João dos Reis, chefe do Departamento de
 Operações Especiais, se destaca na Polícia Civil 
desde o episódio da Semente
 da Braquiara, no final da década de 80, quando desarticulou
 um embrião do “Esquadrão
 da Morte” que atuava em Belo Horizonte. Ignorou 
o corporativismo e colocou na 
cadeia vários policiais criminosos.
 
Vaidoso, mas um extraordinário profissional de polícia, o Xerife Reis passou a ter projeção nacional com o estouro do cativeiro de Paula Zamboni. O caso humilhou a polícia carioca.


João Reis:“Vivo para minha carreira. Durmo polícia e acordo polícia”;


“Nós respeitamos nossa história. 
A liberdade vem de Minas e continua vindo de Minas. 
Temos tradição”;


“Eu não sou político. 
Sou um homem que fala sempre a verdade”;

“Nossa polícia é reconhecida pela seriedade e capacidade”.  

 jr_4.jpgjr_10.jpg jr_11.jpg
jr_6.jpg jr_5.jpg
jr_1.jpg jr_3.jpgdeoesp-ze_joo.jpgjr_8.gif
 As reportagens registram diversos momentos operacionais e de grande relevancia para a Polícia Civil de Minas, protagonizados por Reis e sua fiel equipe.jr_12.jpgjr_7.jpg
FONTE  http://www.cyberpolicia.com.br/index.php?option=com_content&task=view&id=80&Itemid=9



Presos líder e matador do Primeiro Comando de MG

A Tribuna.com.br


Eduardo Velozo Fuccia


Apontados como o líder e o principal matador do Primeiro Comando de Minas Gerais (PCMG), braço mineiro da facção criminosa paulista Primeiro Comando da Capital (PCC), Ângelo Gonçalves de Miranda Filho, de 29 anos, o Pezão, e Bruno Rodrigues de Souza, o Quem Quem, de 22, foram capturados na Baixada Santista.

Desde segunda-feira, três delegados e nove investigadores do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), da Polícia Civil de Minas Gerais, estão na região para localizar e prender Pezão e  Quem Quem. Ambos são acusados de diversos assassinatos naquele estado, sendo a maioria motivada por disputa por pontos de venda de drogas.

“Os homicídios são marcados pela brutalidade, com vítimas atingidas por mais de 15 tiros. Matam homens, mulheres e crianças para se apoderar de pontos de venda de drogas e estabelecer a hegemonia do tráfico. Depois, picham esses locais com as iniciais PCC para demonstrar o controle sobre a área”, enfatiza um dos investigadores

 leia mais http://www.atribuna.com.br/noticias.asp?idnoticia=117564&idDepartamento=11&idCategoria=0

América é o continente com maior número de homicídios por arma de fogo, diz estudo
06/10/2011 07h44
Avalie esta notícia » 
2
4
6
8
DA REDAÇÃO
Siga em: twitter.com/OTEMPOonline
  • Notícia
  • Comentários(0)
  • Compartilhe
  • Mais notícias
A
A
0
FOTO: CHARLES SILVA DUARTE
Das mortes por arma de fogo nas Américas, 25% acontecem por conta das ações de redes criminosas organizadas
A maior taxa de homicídios por arma de fogo do mundo é no continente americano, revela estudo das Nações Unidas nesta quinta (6), com 74% do total de casos. A Europa vem em seguida, com 21% dos casos.
Do número total de assassinatos – 468 mil em todo o mundo durante 2010 – 36% foram na África, 31% nas Américas, 27% na Ásia, 5% na Europa e somente 1% na Oceania, diz o “Estudo global sobre homicídios”
Se os dados fossem ajustados à população de cada região, o Escritório das Nações Unidas para Drogas e Crime localiza taxas mais elevadas de homicídio na África, com 17 mortes para cada 100 mil habitantes. As Américas estão perto, com 16 crimes dese tipo, mais do dobro da média global de 6,9 homicídios.
Ásia, Europa e Oceania registram índices que vão de três a quatro homicídios por cada 100 mil habitantes. Para as Nações Unidas, há "um vínculo claro entre o crime e o desenvolvimento, uma vez que os países com grande disparidade de renda têm quatro vezes mais chance de registrar delitos violentos que as sociedades mais equitativas".
O documento da ONU ainda ressalta que a América Central e o Caribe são as únicas regiões do globo onde o número de homicídios aumento desde 1995. O Brasil é um dos países latino-americanos com maiores taxas de assassinatos, junto com El Salvador, Honduras, Guatemala, Venezuela, Colômbia e México.
Na América Latina, "o crime organizado têm um papel representativo no impulso da taxa de homicídios". Dos crimes com arma de fogo, um quarto pode ser explicado por essas atividades ilícitas.
Ainda de acordo com o levantamento, o risco de morrer de uma mulher (2,6 em cada 100 mil ) é bem menor que o dos homens (11,9 pessoas por 100 mil). Os homens perdem a vida, geralmente, em espaços públicos. Já as mulheres costumam ser mortas dentro de casa. 

A última refeição dos condenados à morte foi abolida no Texas

A partir de agora, a última será igual às outras refeições                                                                                                                                                                                        (Richard Carson/Reuters) 
Cela do corredor da morte de uma penitenciária do Texas
Na última quarta-feira, antes de ser executado, Lawrence Brewer, condenado por ter cometido um homicídio por racismo - matou James Byrd Jr, um homem negro,  ao prendê-lo com uma corrente à parte de trás de sua carreta e o arrastando por vários quilômetros - pediu dois bifes de frango, um hambúrguer triplo com bacon, quiabo frito, carne grelhada, pizza, três tacos, e mais algumas guloseimas. No momento em que a comida chegou à sua cela, ele não comeu nada, respondendo que estava sem fome.
Autoridades da política e da área prisional do Texas se indignaram, considerando inapropriado dar um privilégio destes a alguém condenado à morte, pois seria uma regalia que o criminoso não concedeu à vítima.
Assim, a tradicional última refeição foi abolida no Estado e os condenados à morte, um dia antes da execução farão a mesma refeição que sempre tiveram disponível.
Para os ativistas americanos contra a pena de morte, a medida foi acertada, pois julgam a tradição da última refeição como uma hipocrisia, pois o sistema penitenciário estaria querendo parecer mais misericordioso do que o é na realidade.
O Texas executa quatro vezes mais presos do que os restantes estados americanos e a tradicional última refeição não impunha um limite de gastos com os gêneros, mas o preparo tinha que ser feito na própria prisão.
Na Flórida, a última refeição não pode custar mais do que 40 dólares e os alimentos tem que ser comprados no local.
Os demais estados que aplicam a pena de morte não concedem a última refeição.

Sistema prisional receberá R$ 1 bilhão

Publicação: 06 de Outubro de 2011 às 00:00
tamanho do texto A+ A-

Roberto Lucena - Repórter

Celas superlotadas, reclamação de detentos, agentes penitenciários insatisfeitos e constante tentativas de fuga. Esse é o cotidiano na maioria dos presídios brasileiros. A falta de vagas é um dos principais problemas do sistema carcerário do país. Nos próximos dias, a presidenta Dilma Rousseff deve anunciar um programa de melhoria no setor. A informação foi dada pela ministra da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República (SDH/PR), Maria do Rosário. "A presidenta Dilma, juntamente com o Ministério da Justiça e a SDH/PR, vai lançar um programa de recuperação e melhorias da situação prisional no  Brasil. Possivelmente, ultrapasse o marco de R$ 1 bilhão de investimento em todo território nacional", afirmou.

rodrigo senaMaria do Rosário, ministraMaria do Rosário, ministra
Ontem, a ministra esteve em Natal para participar da reunião da Associação Nacional de Pós-graduação e Pesquisa em Educação (ANPEd). No evento, Maria do Rosário fez parte de uma mesa redonda que discutiu a formação das diretrizes curriculares nacionais para educação em direitos humanos. Após o encontro, a gestora, que é filiada ao Partido dos Trabalhadores (PT).

Em conversa com a imprensa, antes de discursar para uma dezena de petitas que a aguardavam, Maria do Rosário destacou que somente investimentos na estrutura dos presídios não resolve o problema das superlotações, rebeliões e fugas e cobrou empenho dos governos estaduais e Judiciário. "Nós sabemos que não podemos investir somente em estrutura física. Nossa solicitação aos governos estaduais é que invistam em pessoal, em equipes treinadas, concursadas, profissionais de carreira. O Poder Judiciário também é chamado para participar desse movimento. Há um número significativo de apenados chamados presos provisórios. Temos superlotação sem o julgamento definitivo destes. Isso atrapalha bastante".


LEIA MAIS http://tribunadonorte.com.br/noticia/sistema-prisional-recebera-r-1-bilhao/198356

Menino é atingido por alicate na cabeça

Objeto foi arremessado por uma outra criança; garoto teve que passar por neurocirurgia


REPRODUÇÃO
Menino com alicate na cabeça
Garoto estava lúcido, apesar de o alicate estar encravado na parte de trás da cabeça
Passa bem o menino Simão Felipe Nascimento Coelho de Oliveira, de 12 anos, atingido por um alicate, que ficou alojado em sua cabeça, no último domingo (2), no Rio. Ele foi encaminhado ao Hospital Estadual Adão Pereira Nunes na noite do domingo, após passar pelo Posto de Saúde do Imbarié, acompanhado por um médico.
Segundo a Secretaria Estadual de Saúde, o garoto estava lúcido, apesar de o alicate estar encravado na parte de trás da cabeça. O objeto foi arremessado por uma outra criança.

Durante tomografia computadorizada, foi constatada uma hemorragia, necessitando de neurocirurgia. A criança foi operada, com a retirada do corpo estranho e drenagem do hematoma terminaram a 1h30 da segunda-feira.

Segundo a secretaria, o menino não apresentou déficit neurológico motor no pós-operatório e foi encaminhado ao CTI pediátrico onde segue acompanhado em estado bom, consciente e lúcido.

quarta-feira, 5 de outubro de 2011



Polícia prende Quem-Quem, o criminoso mais procurado de Minas Gerais . A CASA CAIU 
05/10/2011 15h24
Avalie esta notícia » 
2
4
6
8
FELIPE REZENDE/RICARDO VASCONCELOS
Siga em: twitter.com/OTEMPOonline
  • Notícia
  • Comentários(8)
  • Compartilhe
  • Mais notícias
A
A
0
FOTO: POLÍCIA CIVIL/DIVULGAÇÃO
A Delegacia de Homicídios de Belo Horizonte prendeu na tarde desta quarta-feira (5) o bandido mais procurado pela polícia mineira, Bruno Rodrigues de Souza, o Quem-Quem. Ele foi encontrado por volta das 13h30 na cidade de Praia Grande, interior de São Paulo, por meio de uma denúncia anônima.
A expectativa é de que ele seja transportado ainda nesta quarta para o Departamento de Investigações (DI), na Lagoinha, no bairro São Cristovão, região Noroeste de Belo Horizonte.
Também na Praia Grande, a polícia prendeu Ângelo Gonçalves de Miranda Filho, integrante do Primeiro Comando da Capital (PCC) conhecido como Pezão. Os dois estavam com forte armamento quando foram detidos.
Histórico - Bruno foi indiciado pela morte do agente penitenciário Ronaldo Miranda de Paula, 43, executado com 11 disparos após uma troca de tiros no bairro Guarani, na região Norte de Belo Horizonte, no dia 26 de agosto.
Ele estava foragido da penitenciária de Teófilo Otoni, no Vale do Mucuri, onde é acusado de planejar a morte de um juiz. Quem-quem é tido como um dos braços mineiros de uma facção criminosa de São Paulo e é um dos principais responsáveis pelo tráfico de drogas em Teófilo Otoni e no bairro Califórnia, em BH.
Lista - Quem-Quem era um dos integrantes da lista dos 12 criminosos mais procurados de Minas divulgada nessa terça-feira (4) pela Secretaria de Estado de Defesa Social (Seds).
Atualizada às 16h09

O 666 ESTÁ CHEGANDO DISFARÇADO


Policial testa chip que só deixa que dono dispare arma., 666 ESTÁ CHEGANDO  DISFARÇADO
Equipamento faz leitura de informações da arma;usuário também terá um leitor implantado na mão
Publicado no Jornal OTEMPO em 05/10/2011
Avalie esta notícia » 
2
4
6
8
RAFAEL ROCHA
Um teste pioneiro que começa a ser feito no próximo mês em Minas pretende reduzir as ocorrências de acidentes com armas envolvendo, principalmente, crianças e adolescentes. Desenvolvido na Universidade de São Paulo (USP), o chip que só permite ao dono disparar o armamento será implantado no corpo de um policial civil mineiro. Os testes serão feitos por iniciativa do escrivão Gabriel Vidigal, que aceitou implantar o equipamento criado pelo físico Mário Gazziro, professor do Instituto de Ciências Matemáticas e da Computação (ICMC) da USP.
O aparelho, um pouco maior que um grão de arroz, será implantado a partir de uma pequena cirurgia. Na arma usada pelo policial - uma pistola modelo 889 - será colocado um receptor que recolhe os dados e impede que a trava de segurança seja liberada caso outra pessoa tente fazer os disparos. O equipamento tem o número de identificação e conta ainda com uma bobina e um dispositivo que proporciona a conferência das informações contidas no chip através do sistema de radiofrequência.

Esse é o primeiro teste do tipo do Brasil. "É algo tão simples que não sei como ninguém teve essa ideia antes", brincou o físico, que também implantou um chip na mão, em agosto do ano passado, um mês depois do início da pesquisa. Os testes, feitos com uma arma de brinquedo, garantiram 100% de precisão, de acordo com Gazziro. "A eletrônica usada no projeto é a mesma de sistemas de aviões. É impossível a arma funcionar acionada por alguém que não tenha o chip implantado".

O objetivo do invento, segundo o professor, não é ganhar dinheiro e, sim, reduzir os riscos de que pessoas inabilitadas façam uso de armas. No Brasil, dados do Ministério da Saúde, de 2008, mostraram que acidentes com armas de fogo mataram 36 crianças naquele ano. Outros 271 menores foram hospitalizados pelo mesmo motivo. No último dia 22, um garoto de 10 anos atirou contra a própria cabeça depois de balear uma professora numa escola pública de São Caetano do Sul (SP). A arma usada pelo menino era do pai dele, um guarda civil. A professora sobreviveu.

Na pesquisa, o físico Mário Gazziro contou com acompanhamento médico que definiu o local e a maneira corretos de instalar o chip, sem risco de rejeição. O aparelho será colocado logo abaixo do dedo mínimo, com uso de anestesia local. "É um local sem veia e com gorduras. O chip é introduzido por meio de uma injeção. Ele vem esterilizado dentro de uma agulha".

Inspiração. A ideia de criar o chip teve como inspiração o filme "Distrito 9", um roteiro de ficção científica em que armas usadas por alienígenas não funcionavam nas mãos de humano. "Vi o filme com alunos e pedi a eles que tentássemos fazer o mesmo numa pistola comum, usando tecnologia de identificação por radiofrequência".
1) Professor Mário Gazziro, do

MUITO BOM MESMO. AGORA  A BÍBLIA  DE   MAIS DE DOIS MIL ANOS  ANOS , JÁ FALAVA DO CHIP  NA MÃO .ESTAMOS MAIS PERTO DO 666 DO QUE NUNCA SENHORES, FIRMEM O TOCO.CLARO QUE O 666 NÃO SERIA IMPLANTADO  A FORÇA   MAS ESTAMOS CAMINHANDO, VAMOS  SER MAIS INTELIGENTES, ATENÇÃO PM, PC,PF ,AGEPEN,GM,VIGILANTE E TODOS QUE TRABALHAM ARMADOS ,ESTA ARMA JÁ DEUS CERTO, AGORA IMAGINEM QUE O ESTADO VAI TROCAR TODAS AS ARMAS, E CAUTELAR ELAS  PRA TODOS COMO FAZEM,QUEM NÃO QUERER USAR VAI TER QUE SE EXONERADO,E PRA QUEM VAI ENTRAR, O EDITAL VAI REZAR ,QUE PARA ENTRAR UM DOS CRITÉRIOS É ACEITAR PARA SEGURANÇA  SUA E DA POPULAÇÃO   O 666 ESTÁ CHEGANDO  . VEJA O VÍDEO  


04/10/2011 19h22 - Atualizado em 04/10/2011 19h54

Noventa e seis presos fazem rebelião em presídio de Ilhéus, sul da Bahia

Manifestação foi para cobrar limpeza nas celas; rebelião foi contida.
Um preso foi ferido na perna; todos os outros já voltaram para suas celas.

Do G1 BA
rebelião em ilhéus bahia (Foto: Reprodução/TV Bahia)Um preso foi ferido na perna por uma bala de
borracha (Foto: Reprodução/TV Bahia)
Noventa e seis presos fizeram uma rebelião no presídio de Ilhéus, sul da Bahia nesta terça-feira (4). De acordo com informações preliminares da polícia, os presos foram levados para o pátio para que policiais fizessem uma revista nas 58 celas. De acordo com informações, os presos fizeram a rebelião porque reclamando da falta de limpeza nas celas.
Durante a confusão, um preso foi ferido na perna por uma bala de borracha. A Polícia recolheu facões, facas, barras de ferro, tesouras e celulares. Os presos já retornaram para suas celas.


Estado dará ajuda de R$ 900 mensais contra as drogas

Governo lança hoje o Cartão Aliança pela Vida, para tratar dependentes com renda familiar de até dois salários


CRISTIANO COUTO
crack
Somente na capital mineira, o tráfico de crack movimentaria cerca de R$ 7,2 milhões por mês


Minas Gerais passa a contar, a partir desta quarta-feira (5), com mais uma arma contra o avanço do crack e outras drogas. Embora não haja estatística oficial, a Subsecretaria de Estado de Políticas Antidrogas estima que o problema atinja pelo menos 1% da população, ou seja, 190 mil mineiros. Para tentar frear esse avanço, a nova aposta será o Cartão Aliança pela Vida. Os dependentes receberão até R$ 900 por mês, que serão revertidos no tratamento contra o vício. O projeto vai atender, inicialmente, mil pessoas em Juiz de Fora, na Zona da Mata, e Teófilo Otoni, no Vale do Mucuri.