A paz, se possível, mas a verdade, a qualquer preço.(Martinho Lutero)

BLOG ALFA PAPA MG .A paz, se possível, mas a verdade, a qualquer preço.(Martinho Lutero)

sábado, 12 de fevereiro de 2011

Renata Vilhena, voltou a reafirmar que não será possível, no momento, tratar de um futuro aumento de salários para o funcionalismo.

.As pioridades são a geração de empregos e a estruturação do projeto para receber a Copa do Mundo O governador Antonio Anastasia (PSDB) comunicou nessa sexta-feira (11) aos secretários de Estado que todos assinarão, em abril, metas a serem cumpridas na gestão tendo como prioridades a geração de empregos e a estruturação do projeto para receber jogos da Copa do Mundo de 2014. Anastasia chegou a elogiar os cortes no orçamento do Governo federal, especialmente para custeio, mas disse que o mesmo não acontecerá em Minas, que já tem um orçamento realista. De acordo com o tucano, daqui a três anos, Minas terá a “grande oportunidade” de mostrar ao país o modelo de gestão aplicado pela administração. “É uma grande oportunidade para Minas mostrar ao resto do mundo não só suas riquezas, sua capacidade, mas, ao mesmo tempo, demonstrar sua capacidade de gestão, tão aplaudida, para reconhecer que é uma forma adequada de governar”, afirmou. Anastasia orientou os secretários que trabalhem em conjunto para viabilizar o programa para o Mundial de Futebol. “O projeto está presente em todas as secretarias. A Copa do Mundo é uma grande meta mobilizadora que temos para 2014”, afirmou.

SINDPOL DIZ QUE SERÁ A "WIKILEAKS" DA POLÍCIA CIVIL MINEIRA

SINDPOL DIZ QUE SERÁ A "WIKILEAKS" DA POLÍCIA CIVIL MINEIRA SINDPOL/MG revela projetos sigilosos da PM e do Governo prejudiciais à Polícia Civil. A exemplo do WikiLeaks, o SINDPOL/MG a partir desta data, estará coletando e repassando informações sigilosas arquitetadas por setores do alto comando da PM e do Governo prejudiciais à Polícia Civil. Essa estratégia do SINDPOL/MG visa desarticular um antigo projeto de poder da Policia Militar para usurpar funções investigativas da PCMG, além de esclarecer a todos os componentes da corporação acerca do que tramita nos bastidores do poder, alertando assim a todos para a necessidade de se informarem e contribuírem para o fortalecimento da instituição. O vídeo a ser mostrado trata-se de uma reunião, onde a Associação de Oficiais da PMMG relata detalhes do lobby por eles realizado para prejudicar os projetos de autonomia administrativa e desenvolvimento da Polícia Civil. E ainda insistem em dizer que há justiça e igualdade na política de integração. VEJAM O VÍDEO AQUÍ: http://www.sindpolmg.org.br/portal/pagina/185

Agentes são feitos reféns em centro de internação de BH, diz PM

Agentes são feitos reféns em centro de internação de BH, diz PM Segundo a polícia, ninguém ficou ferido durante a ação. Quatro jovens envolvidos no motim, foram remanejados para outra unidade. Do G1 MG imprimir Dois agentes do Centro Socioeducativo Santa Terezinha (CSEST), no bairro Horto, na Região Leste de Belo Horizonte, foram rendidos por quatro internos na noite desta quinta-feira (10) e mantidos como reféns durante um motim, segundo a Polícia Militar (PM). Policiais do 16º Batalhão estiveram no local. Ainda segundo a corporação, a polícia foi acionada pela direção da unidade e conseguiu libertar os agentes após duas horas de negociação. Os suspeitos usaram barras de ferro para render os agentes. Segundo a polícia, ninguém ficou ferido durante a ação. A PM informou, ainda, que os quatro jovens envolvidos no motim foram conduzidos para o Centro Integrado de Atendimento ao Adolescente Autor de Ato Infracional (Cia-BH) da capital. saiba mais Presos tentam fugir e queimam colchões em cadeia em MG Família é mantida refém por fugitivos de cadeia no sul de Minas Termina rebelião em delegacia do Maranhão Polícia é chamada no RJ para conter princípio de rebelião em carceragem Às 9h, o G1 procurou a assessoria da Secretaria de Estado e Defesa Social (Seds) para saber o motivo da rebelião. Às 11h56 desta sexta-feira (11), a secretaria informou, por meio de nota, que quatro jovens que cumprem medida socioeducativa de internação iniciaram uma depredação na unidade depois de se recusarem a entrar em seus alojamentos e tentaram render dois agentes socioeducativos. O episódio ocorreu quando eles estavam voltando do refeitório. Ainda segundo a secretaria, os agentes não chegaram a ser mantidos reféns. De acordo com a Seds, três dos jovens envolvidos têm 18 anos e o outro, 17, e depois de serem ouvidos no Centro Integrado de Atendimento ao Adolescente Autor de Ato Infracional (Cia-BH) vão retornar para o Centro Socioeducativo Santa Terezinha. Ainda conforme a Seds, neste são mantidos internos que cometeram infrações antes de completar 18 anos. Eles permanecem até o cumprimento da medida socioeducativa, que varia de seis meses a três anos.

Jovens provocam REBELIÃO no Ceip do Horto

Jovens provocam tumulto no Ceip do Horto Quatro jovens arrancaram as barras de ferro das grades de proteção do Centro e quebraram toda a parte elétrica e lâmpadas de um dos setores do local Fernando Zuba - Repórter - 11/02/2011 - 11:13 Uma briga entre adolescentes infratores e agentes socioeducativos mobilizou a Polícia Militar (PM). O confronto aconteceu no Centro Socioeducativo Santa Terezinha (CSEST), localizado no Bairro Horto, na Região Leste de Belo Horizonte. De acordo com um funcionário que pediu para não ser identificado, na noite da última quinta-feira, agentes da unidade foram rendidos e ameaçados de morte. “O tumulto inicial só não se transfomou numa grande rebelião porque os internos notaram a presença de policiais militares”, revelou. Ainda conforme o funcionário da unidade, quatro internos se rebelaram após o jantar, quando se recusaram a entrar no alojamento. “Eles tiraram as camisas e os chinelos e ficaram somente de cuecas. Em seguida, arrancaram as barras de ferro das grades de proteção e começaram a quebrar as lâmpadas de um dos setores do local”, relatou o funcionário, acrescentado que agentes chegaram a ser rendidos e ameaçados de morte. “Os adolescentes tumultuaram o local, mas quando notaram as sirenes e a presença de policiais militares, se acalmaram e foram contidos por outros homens responsáveis pela segurança do Centro”, contou. Em nota, a Subsecretaria de Atendimento às Medidas Socioeducativas (Suase) informou que, devido o tumulto ocorrido no Centro Socioeducativo Santa Terezinha (CSEST), a Polícia Militar foi acionada e a situação foi rapidamente controlada. Esclareceu também que não houve reféns ou feridos. Os quatro adolescentes que iniciaram uma depredação na unidade e tentaram render dois agentes socioeducativos foram levados ao Centro Integrado de Atendimento ao Adolescente Autor de Ato Infracional (Cia-BH), para serem ouvidos pelo delegado, juiz, promotor e defensor que atuam na unidade. Três dos adolescentes envolvidos têm 18 anos e o outro, 17. De acordo com a Secretaria de Estado de Defesa Social (Seds), o centro tem capacidade para abrigar 33 adolescentes. Atualmente, trinta e dois cumprem medida socioeducativa de internação no local. No mês passado, o Hoje em Dia revelou que nos últimos três anos, 30 adolescentes infratores morreram sob responsabilidade do poder público em Minas Gerais. Destes, pelo menos 18 foram assassinados enquanto estavam encarcerados ilegalmente em cadeias ou presídios. Outros 11 homicídios ocorreram no interior de Centros de Internação Provisória (Ceips). De acordo com a promotora Andréa Mismotto Carelli, que coordena o Centro de Apoio Operacional às Promotorias de Justiça da Infância e da Juventude de Minas Gerais (CAO/IJ), farta documentação comprova que, entre 2008 e 2010, nove adolescentes foram assassinados enquanto estavam presos ilegalmente em cadeias ou presídios. Mas o número de óbitos pode dobrar. A promotoria investiga a morte de mais nove adolescentes que estavam em estabelecimentos de privação de liberdade mantidos pelo poder público. O levantamento também indica que 11 adolescentes foram assassinados enquanto estavam recolhidos em Ceips e uma menina foi morta em regime de semiliberdade. A Suase informou que desconhecia a ocorrência das 30 mortes de adolescentes infratores sob a responsabilidade do poder público em Minas Gerais. Mas afirmou que faria um levantamento dos últimos quatro anos em unidades prisionais e cadeias junto ao sistema prisional e à Polícia Civil.

Adolescente de 14 anos morre enforcado dentro da Delegacia Especializada de Proteção à Criança e Adolescentes (Dopcad

Adolescente de 14 anos morre enforcado dentro da Dopcad Conforme os familiares, o adolescente teria sido apreendido no Bairro Eldorado após roubar um celular de outro adolescente. Para surpresa da família, na madrugada desta sexta, receberam a informação de que o jovem estava morto Da Redação - 11/02/2011 - 16:20 Um adolescente de 14 anos morreu na madrugada desta sexta-feira (11) dentro da Delegacia Especializada de Proteção à Criança e Adolescentes (Dopcad) de Contagem, na Grande BH. Israel Pedro Tibúrcio, conforme a família, teria sido enforcado dentro de um alojamento do Dopcad. Conforme os familiares, o adolescente teria sido apreendido no Bairro Eldorado após roubar um celular de outro adolescente. Para surpresa da família, na madrugada desta sexta, receberam a informação de que o jovem estava morto. A irmã do adolescente, Tâmara Cristina Tibúrcio de Carvalho, de 20 anos, disse que a família recebeu a notícia por volta da uma hora da manhã desta sexta. A moça e a mãe do adolescente, Elaine Cristina Tibúrcio, foram para a Dopcad, onde um funcionário teria dito que não poderia fazer nada e nem dar nenhuma informação sobre o caso. Tâmara disse ainda que que este mesmo funcionário, que não chegou a abrir o portão para as duas, disse primeiramente que elas deveriam ir até o Instituto Médico Legal (IML) de Belo Horizonte. “Não disseram nada direito. Falaram apenas para gente ir no IML e que meu irmão teria arrumado uma confusão com outros adolescentes na delegacia e que outros detentos teriam enforcado ele”, contou a irmã. No laudo emitido pelo IML consta que o motivo da morte do adolescente está como indeterminado, segundo disse a irmão de Israel. A moça disse que não acredita na versão de que seu irmão foi enforcado, uma vez que sempre foi um menino muito tranquilo. Entretanto, a Subsecretaria de Atendimento às Medidas Socioeducativas (Suase), informou que o corpo apresentava sinais de estrangulamento e outros dois adolescentes, de 16 e 14 anos, assumiram a autoria do crime. Conforme a subsecretaria, os autores já foram ouvidos pelo delegado e encaminhados ao Centro Integrado de Atendimento ao Adolescente Autor de Ato Infracional (CIA-BH). A Suase abriu procedimento para apurar o caso.

exclusivo; Câmeras mostram regalias dos presos em penitenciária de segurança máxima de MG

As imagens foram feitas pelas próprias câmeras de segurança do sistema prisional, na região metropolitana de Belo Horizonte. As câmeras gravaram cenas de presos fazendo ligações e traficando drogas. Houve também o flagrante de um presidiário tentando derrubar o bloqueador de celulares.

Suspensão de concursos deixa candidatos apreensivos

Suspensão de concursos deixa candidatos apreensivos As 25 mil vagas congeladas pelo Executivo custariam R$ 1 bilhão ao ano Publicado no Jornal OTEMPO em 12/02/2011Avalie esta notícia » 246810.DA REDAÇÃO Notícia Comentários(0)Compartilhe Mais notícias AA A decisão de suspender concursos públicos federais anunciada na última quarta-feira pelo Ministério do Planejamento como parte do pacote de cortes de gastos do governo federal não muda a vida de candidatos e de cursos preparatórios para as provas em Belo Horizonte. Isso porque há a expectativa de que esses concursos sejam retomados em breve e a preparação dos candidatos, em geral, acontece a longo prazo. Para o diretor do curso preparatório ACarvalho, André Carvalho, as seleções e convocações federais devem ser apenas adiadas. "O serviço público não pode parar. No final de 2008 e início de 2009 vivenciamos momentos parecidos e milhares de funcionários públicos foram nomeados para o Executivo federal. Acredito que a rotina de estudos dos alunos não será alterada pois eles podem buscar carreiras municipais e estaduais enquanto aguardam as vagas federais serem liberadas", afirma. Para Carvalho, concurso público é um projeto de vida de médio e longo prazo. "Tem que estudar um ano ou dois para passar, então os alunos não ficam apavorados". A suspensão atingiu cerca de 30% das 72 mil vagas federais esperadas para 2011. As 25 mil vagas congeladas custariam, em média, R$ 1 bilhão ao ano aos cofres públicos. Candidato a uma vaga na Polícia Federal, o analista de sistemas Adriano Murta explica que passar em um concurso é uma meta de vida. Há um ano e meio ele frequenta as aulas no curso Orville Carneiro e não desanimou ao saber do cancelamento. "Fiquei um pouco chateado, mas acredito que a medida é uma situação passageira. Não vai me atrapalhar porque ainda tenho que esperar um ano até o concurso valer", disse o "concurseiro".

Deputado pede que Polícia Penal seja inclusa na Ordem do Dia

Deputado pede que Polícia Penal seja inclusa na Ordem do Dia O deputado federal Arnaldo Faria de Sá (PTB-SP), apresentou o Requerimento n. 121/2011 solicitando que a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) nº 308/2004, seja inclusa na Ordem do Dia para votação em Plenário. Faria de Sá é o relator da Emenda, que é de autoria do ex-deputado Neuton Lima (PTB/SP), e que altera os artigos 21, 32 e 144, da Constituição Federal, criando as polícias penitenciárias federal e estaduais. O parlamentar lembrou ainda que, na realidade, a PEC 308/04 não foi arquivada, o que ocorreu foi que, em 12/01/2011, a Presidência da Câmara publicou uma decisão, baseado no Art. 17, inciso II, alínea "d", do Regimento Interno da Câmara dos Deputados (RICD), determinando o arquivamento definitivo dos Requerimentos de Inclusão na Ordem do Dia, tendo em vista o fim da presente legislatura. Assim, a PEC da Polícia Penal continua tramitando normalmente na Câmara e está pronta para ser inclusa na Ordem do Dia, ser votada e aprovada

sexta-feira, 11 de fevereiro de 2011

Policiais vendem informações sobre operações por até R$ 50 mil

Policiais vendem informações sobre operações por até R$ 50 mil a bandidosTexto: destacar vídeoespalhe por aíDê sua nota:Obrigado!1 estrela2 estrelas3 estrelas4 estrelas5 estrelas36 exibiçõesUm exemplo foi a operação na comunidade da Rocinha onde ninguém foi preso. Desde então, a polícia começou a investigar a possibilidade do vazamento de informações e descobriu muito mais. Quatro grupos de policiais participavam de uma rede de corrupção. Um deles cobrava R$ 50 mil para passar os detalhes das operações ao chefe do tráfico na Rocinha, o Nem. E mais R$ 50 mil à quadrilha que dominava o Complexo de São Carlos e que era comandada por Roupinol, morto no ano passado. Outros revendiam drogas e armas apreendidas nos morros e ainda recebiam dinheiro em troca de segurança para a máfia dos caça-níqueis.

No Rio, preso de alta periculosidade passa por cirurgia e recebe alta sem escolta

Luiz Cláudio Santanna, conhecido como Lico, cumpre pena de mais de 140 anos de prisão, por tráfico de drogas e homicídio. Graças a uma autorização da Justiça, Lico foi submetido a uma cirurgia ortopédica em um hospital particular, no centro do Rio. Sem qualquer escolta policial, ele foi tratado como um paciente comum. Ao receber alta, saiu sem ser incomodado. A Vara de Execuções Penais informou que o preso se apresentou nesta quinta-feira (10) à Justiça.

TRÊS PONTAS (Inscrições abertas)

TRÊS PONTAS (Inscrições abertas) 10.02.11 - Instrumento Convocatório TRÊS PONTAS 10.01.11 - ANEXO I - Ficha de Inscrição - (CLIQUE AQUI PARA EFETUAR SUA INSCRIÇÃO) 10.02.11 - ANEXO II - Critérios de Pontuação - Análise Curricular 10.02.11 - ANEXO III - Termo de Desistência 10.02.11 - ANEXO IV – CRONOGRAMA -TRÊS PONTAS 10.02.11 - ANEXO V - Requerimento de Devolução da Avaliação Psicológica 10.02.11 - ANEXO VI - Requerimento de Recurso contra Avaliação Psicológica 10.02.11 - ANEXO VII - Requerimento Recurso contra o Resultado da Análise de Currículos, Gabarito, TI e Outros a especificar

Agente de trânsito é filmado bêbado e com cerveja na mão em Moscou,CACHAÇA MALDITA

Agente de trânsito é filmado bêbado e com cerveja na mão em Moscou Imagens teriam sido feitas no distrito de Timiryazevsky. Vídeo foi parar no YouTube e blogs e sites de notícias russos. Do G1, em São Paulo imprimir Um vídeo publicado na internet mostra um agente de trânsito russo bebendo e com sinais de embriaguez. As imagens teriam sido feitas no distrito de Timiryazevsky, em Moscou (assista), segundo blogs e sites de notícias da Rússia. Vídeo mostra agente de trânsito russo embriagado. (Foto: Reprodução)

Parceria vai capacitar 760 presos de Minas Gerais em construção civil

Parceria vai capacitar 760 presos de Minas Gerais em construção civil O Estado de Minas Gerais será o primeiro do país a ser beneficiado pela parceria que envolve o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) – por meio do programa Começar de Novo – e o Ministério do Trabalho e Emprego (MTE). Ainda no primeiro semestre deste ano, 760 detentos mineiros que foram incluídos no Plano Setorial de Qualificação (Planseq) do MTE irão participar de cursos de capacitação na área da construção civil. As aulas acontecerão dentro das unidades prisionais e, ao final, os presos participantes serão encaminhados para processos de seleção em empresas filiadas ao Sindicato da Indústria da Construção Civil do Estado de Minas Gerais (Sinduscon-MG) e ao Sindicato da Construção Pesada de Minas Gerais (Sicepot-MG).

Vídeo de apologia ao crime no You Tube leva gangue à prisão

Vídeo de apologia ao crime no You Tube leva gangue à prisão Suspeitos são acusados de homicídios e de impor clima de terror no Morro do Papagaio, em BH. Veja o vídeo no final da matéria integrantes do grupo de rap denominado “3 insano irmão de sangue” foram apresentados nesta quinta-feira (10) pela Polícia Civil. Eles são suspeitos de cometer vários crimes, como tráfico de drogas e homicídios, no aglomerado do Morro do Papagaio, Região Centro-Sul de Belo Horizonte. De acordo com a titular da Delegacia de Investigações de Homicídios da Região Sul, delegada Elenice Ferreira, os suspeitos começaram a ser investigados no ano passado após postarem o vídeo “Rolê no Inferno” no You Tube, um rap com apologia á violência. O vídeo, que até esta tarde já havia sido assistido por mais de 12 mil pessoas, mostra situações de simulação de um sequestro, consumo de drogas e atos de violência

Suspensão de concursos causa reação em órgãos públicos

Suspensão de concursos causa reação em órgãos públicos Luciano Pires - Correio Braziliense Cristiane Bonfanti O tranco dado pelo governo no orçamento deste ano para ajustar as contas públicas à realidade e frear a inflação coloca na berlinda um total de 28.883 vagas distribuídas entre concursos previstos e já realizados. As restrições impostas pela equipe econômica respingam em vários órgãos dos três poderes, muitos dos quais com seleções em andamento ou prestes a serem homologadas. Alvo principal da tesourada de R$ 50 bilhões, anunciada anteontem pelos ministérios da Fazenda e do Planejamento, a administração federal terá de rever planos e gastos se quiser dar continuidade à renovação do quadro de pessoal que tanto marcou a era Luiz Inácio Lula da Silva.

Falsos policiais invadem shopping

Falsos policiais invadem shopping Oito homens, sendo dois com fardas da PM, renderam seguranças, fizeram oito reféns e arrombaram caixa eletrônico Publicado no Super Notícia 246810VICTOR HUGO FONSECA falesuper@supernoticia.com.br A violência em Betim, na região metropolitana de Belo Horizonte, tem assustado moradores e deixado a cidade com medo. Ontem, oito homens, dois deles usando fardas e coletes da Polícia Militar, provocaram pânico no shopping da cidade. Eles invadiram o centro de compras, fizeram oito pessoas reféns durante cerca de uma hora e arrombaram um caixa eletrônico. A ação não foi flagrada pelas câmeras de vigilância do shopping, que estavam em manutenção. As imagens das câmeras das lojas é que devem ajudar no reconhecimento dos suspeitos. Segundo o capitão Antuer Barbosa Júnior, por volta das 2h55, dois membros da quadrilha, disfarçados de policiais militares, chamaram o vigilante Ricardo dos Santos, de 24 anos, na portaria do Betim Shopping, no bairro Angola. Santos abriu a porta acreditando que seriam policiais e foi rendido

Falta de segurança podem levar os juízes federais à greve

Falta de segurança podem levar os juízes federais à greve A insegurança e as ameaças de morte podem levar os magistrados brasileiros à greve ainda este ano. De acordo com o presidente da Associação dos Juízes Federais do Brasil (Ajufe), Gabriel Wedy, os juízes federais vão fazer uma assembleia geral no dia 24 de março para decidir se haverá paralisação ou greve da categoria. "Não me surpreenderia se a carreira deliberasse por uma paralisação tal qual a feita na Espanha e em Portugal nos últimos três anos". Nos últimos anos, juízes federais têm sido vítimas de atentados e ameaças de morte por organizações criminosas. No entanto, os casos de ameaça e violência a magistrados não são os únicos fatores de insatisfação da categoria. Embutido na reivindicação por mais segurança está, também, o pedido de aumento de salário. "Estamos há cinco anos sem reajustes. Além disso, os juízes federais não compõe tribunais superiores e têm uma Lei Orgânica que os deixa abaixo do Ministério Público Federal (MPF) e da Advocacia-Geral da União", afirmou Wedy à Agência Brasil. Segundo ele, nos últimos 15 anos, as indicações para os tribunais superiores têm recaído predominantemente sobre advogados. "Quem traça as políticas do Judiciário nacional são as cúpulas do tribunais superiores com as cúpulas do Executivo e do Legislativo. Faltam juízes de carreira nos tribunais superiores para que possam traçar uma política satisfatória para a magistratura, que vem sofrendo um desprestígio." O Supremo Tribunal Federal, que era composto, em sua maioria, por juízes, hoje tem, segundo Wedy, apenas um juiz de carreira, o presidente Antonio Cesar Peluso. "No Superior Tribunal de Justiça, das 11 vagas para magistrados federais, apenas cinco dessas indicações obedecem à origem, que são juízes federais de carreira. Os outros seis são advogados ou representantes do MPF e não fizeram concurso para juiz federal." Outra reclamação da categoria diz respeito à reposição inflacionária. "A única categoria que não teve reposição inflacionária dos subsídios são os juízes. Entre 2005 e 2010 tivemos apenas uma reposição nas perdas inflacionárias de apenas 8,5% enquanto a inflação foi 32%. Foi um índice ainda baixo. Temos esperança que a presidenta Dilma resolva esse problema para que se reponham as perdas inflacionárias", disse o presidente da Ajufe. Os juízes federais também reivindicam uma Lei Orgânica da Magistratura que garanta a independência da categoria. "Hoje, por incrível que pareça, o Ministério Público e a Advocacia-Geral da União têm mais direitos e garantias que os juízes do país inteiro, estaduais e federais. Isso é uma distorção. Aquele que julga o processo tem menos garantias do que aquele que requer. É uma inversão de valores que gerou um grande enfraquecimento da magistratura." Wedy afirma que os juízes federais também abriram mão dos adicionais por tempo de serviço e outras gratificações para evitar os chamados supersalários e garantir a aprovação da lei que regulamenta o teto salarial. "Abrimos mão das gratificações, porém a revisão [inflacionária], que tem de ser anual de acordo com a Constituição, vem sendo descumprida ano a ano pelo Legislativo e pelo Executivo. Falta maior empenho da cúpula do judiciário, do STF, para buscar uma solução para isso".

Desferir tapas’, mas sem constatação pericial, é abuso de autoridade

Desferir tapas’, mas sem constatação pericial, é abuso de autoridade? Dúvida que baila no mundo jurídico, principalmente entre advogados, promotores, juízes e delegados, envolve a necessidade de constatação de lesões corporais para configurar o delito de abuso de autoridade. É dispensável o exame de corpo de delito para materializar o abuso, ou ainda, havendo laudo pericial este não constate lesão aparente alguma. Isso se deve por que em algumas agressões físicas, por exemplo, é possível a produção de atos, como tapas no corpo de vítima, sem que reste lesão corporal exposta. Em algumas situações apresentadas, apenas resultam rubefações caracterizadas por vermelhidões que desaparecem em alguns minutos. Nesse caso, fica difícil a constatação direta de tal agressão física. Contudo, o foco não envolve a necessidade de tal material probatório, pois os elementos contidos nos autos procedimentais são capazes de suprir tal dúvida. Foi o que ocorreu no caso em que policiais militares foram condenados por abuso de autoridade quando desferiram vários tapas na vítima, mesmo sem constatação disso através de exame de corpo de delito que especificasse a realidade dos possíveis ferimentos com a causalidade. Percebe-se, assim, como demonstrativo, o expediente jurisprudencial confeccionado pela 2ª Turma Recursal dos Juizados Especiais Cíveis e Criminais do Distrito Federal, em TJDF - APJ: 40143920068070004 DF 0004014-39.2006.807.0004, Relator Carlos Pires Soares Neto, DJ-e Pág. 103, onde: ABUSO DE AUTORIDADE. AGRESSÃO FÍSICA. AUSÊNCIA DE LESÕES CORPORAIS. IRRELEVÂNCIA. Comprovada a ocorrência de agressões contra a vítima, consistentes em tapas desferidos por policial durante abordagem, mostra-se irrelevante a ausência de lesões corporais para a configuração de crime de abuso de autoridade na forma prescrita no art. 3º, alínea ‘i’, c/c art. 6º, § 3º, alíneas ‘a’ e ‘b’, da Lei 4.898/65. Foi recebido, como relatório do MP sobre o caso: “Brasil Herman Curado Silva interpôs Recurso de Apelação contra a r. Sentença prolatada pelo MM. Juiz de Direito do 2º Juizado Especial Criminal do Gama, que o condenou como incurso no art. 3º, letra ‘i’, c/c art. 6º, §3º, letras ‘a’ e ‘b’, da Lei 4.898/65, a pena base de 20 dias de detenção, mais multa no valor de 30 dias multa, substituindo a pena privativa de liberdade pela de multa, no valor de vinte dias multa (fls. 217/226). Consta na denúncia que, no dia 06.02.2006, o Apelante, soldado da PMDF, no decorrer de uma operação policial, atentou contra a incolumidade física de Carlos Antônio da Silva (fls. 45/46). Requer o Apelante sua absolvição por insuficiência de provas afirmando, em síntese, que as testemunhas foram contraditórias e deixaram dúvidas acerca das agressões sofridas pela vítima. Alega que não agrediu a vítima, o que foi respaldado pelo laudo de Lesões Corporais, que não identificou as agressões apontadas pelas testemunhas, relatando apenas uma equimose avermelhada na mão direita. Requer, ainda, caso não seja absolvido, a correção da pena, entendendo que não foram atendidos o princípio da proporcionalidade e da intervenção mínima do Direito Penal, bem como que tem condição sócio-econômica mediana. Em Contra-Razões, o Ministério Público requer o não provimento do Recurso, ressaltando que o conjunto probatório mostra-se uníssono e harmonioso, estando comprovada a materialidade e a autoria do crime”.

quinta-feira, 10 de fevereiro de 2011

Prisão no RN não tem como manter Beira-Mar longe do crime

Prisão no RN não tem como manter Beira-Mar longe do crime O Ministério Público Federal no Rio Grande do Norte (MPF-RN) informou nesta quarta-feira ter pedido à Justiça Federal que reveja a decisão que transferiu o traficante Luiz Fernando da Costa, o Fernandinho Beira-Mar, e outros cinco detentos, do Presídio Federal de Catanduvas (PR) para o de Mossoró (RN). De acordo com o MPF, a prisão está interditada por problemas estruturais, o que inviabiliza transferências, e não tem condições de manter Beira-Mar "distante das atividades criminosas".

A partir de 2012, Forças Armadas não poderão mais fixar em edital limite de idade para concursos

A partir de 2012, Forças Armadas não poderão mais fixar em edital limite de idade para concursos O TEMPO A partir de janeiro de 2012 as Forças Armadas não poderão mais exigir, por meio de edital, limite de idade para admissão em concurso. Por unanimidade, ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiram nesta quarta-feira (9) que é inconstitucional a imposição de limite idade por intermédio de ato administrativo, uma vez que a Constituição determina que só uma lei pode fazer isso. Os ministros também decidiram que quem entrou na Justiça contestando o limite de idade nos concursos das Forças Armadas terá esse direito assegurado. O julgamento do caso começou em março do ano passado e foi interrompido por dois pedidos de vista. Estava em discussão, um pedido da União para anular decisão do Tribunal Regional Federal da 4ª Região, que permitiu que um candidato se inscrevesse no curso para formação de sargentos em 2008 com idade maior que a estabelecida. Segundo o voto da relatora Cármen Lúcia, além de ser inconstitucional, o limite de idade por meio de edital esbarra em uma súmula vinculante do STF. A Súmula 14 determina que “não é admissível por ato administrativo restringir em razão da idade inscrição em concurso para cargo público”.

O secretário da Segurança Pública de São Paulo.Não faz sentido cobrar ação de vigia

Não faz sentido cobrar ação de vigia, diz secretário de SP Publicidade DE SÃO PAULO O secretário da Segurança Pública de São Paulo, Antonio Ferreira Pinto, disse ontem (9) que a polícia paulista não irá cobrar uma atuação mais efetiva dos vigias de rua na segurança pública --desautorizando o discurso da véspera do seu chefe da Polícia Civil, Marcos Carneiro Lima. Chefe da Polícia Civil cobra ação dos vigilantes de rua Alckmin diz acreditar que roubo a secretário foi coincidência Criminosos levaram R$ 4.500 da casa de secretário Criminosos invadem casa do secretário de Transportes Até porque, diz Ferreira Pinto, eles não têm preparo para essa função. "Não vejo uma parceria. Eles não têm qualificação profissional para fazer parceria com a segurança pública", disse. O secretário, porém, tentou amenizar a polêmica causada pelo delegado que, ao comentar o roubo à casa do ex-secretário da Segurança Pública e atual secretário de Transportes, Saulo de Castro Abreu Filho, disse que a população precisa cobrar um melhor trabalho dos vigias. "A expressão foi no sentido de não desprezar toda e qualquer informação que possa vir, mesmo que seja desses vigilantes. Mas longe de pensar em uma parceria." O governador Geraldo Alckmin (PSDB) disse ontem que a "responsabilidade do poder de polícia é do Estado", mas que a declaração do delegado deve ser vista como um convite a um trabalho conjunto. "O Estado investe e nós vamos trabalhar firmemente nisso. Agora, regular, fiscalizar a guarda, ter uma ação de sinergia, isso é bom." Gabo Morales/Folhapress Vigia de rua atua na região de Pinheiros, em SP; secretário diz que não faz sentido cobrar ação desses vigilantes DECLARAÇÃO "Se eles [vigilantes] recebem dinheiro desses moradores para fazer uma segurança, ela tem de ser efetiva, e não apenas, como vimos várias vezes, cabines abandonadas, vigilantes que não estão fazendo o serviço adequado", afirmou Carneiro anteontem à Jovem Pan. "Essa afirmação passa uma ideia de que o Estado, por meio de seu representante, tenta se eximir de responsabilidade. Esse nem deveria ser o foco do debate, mas sim as medidas a serem tomadas tanto nesse caso quanto em outros", diz o sociólogo Rodrigo Ghiringhelli de Azevedo, professor do programa de pós-graduação em ciências criminais pela PUC-RS. Já o sociólogo Renato Sérgio de Lima, secretário-geral do Fórum Brasileiro de Segurança Pública, acha que é preciso discutir a relação segurança privada/pública. "Os vigias são um contingente grande, que está presente na cidade, que precisa regular. Estão ali para quê?" Para o coordenador do Instituto Minas Pela Paz, Luís Sapori, a declaração pode soar "infeliz" porque esse trabalho não é regulado. Mas, diz, a segurança privada pode "complementar bem" a segurança pública.

Festival de Berlim começa nesta quinta com 'Tropa 2' e filmes em 3D

Festival de Berlim começa nesta quinta com 'Tropa 2' e filmes em 3D Depois de vencer o Urso de Ouro, diretor José Padilha volta a Berlim. Filme estrelado por filha de Lenny Kravitz está entre destaques da mostra. Carla Meneghini Do G1 RJ imprimir Wagner Moura em cena de 'Tropa de elite 2', que terá sessão no festival (Foto: Divulgação)Três anos depois de vencer o Urso de Ouro com “Tropa de elite”, o diretor brasileiro José Padilha volta ao Festival de Berlim, que começa nesta quinta-feira (10), para apresentar a sequência do filme, “Tropa de elite 2 – O inimigo agora é outro”. Os atores Wagner Moura e Maria Ribeiro também estarão na capital alemã para prestigiar o evento. A produção brasileira terá uma sessão de gala na sexta (11) num dos maiores teatros da Europa, o Friedrichstadpalast, com capacidade para 1.800 espectadores. O longa de Padilha não participa da competição oficial, mas concorre ao prêmio do público do festival. Além de “Tropa”, dois outros filmes brasileiros serão exibidos no evento: “Os residentes”, de Tiago Mata Machado, vencedor de quatro Candangos no Festival de Brasília, e o curta “Ensolarado”, de Ricardo Targino. “Tropa 2” está entre os 400 filmes de 58 nacionalidades participantes do festival, que se reafirma com o um dos eventos mais importantes do calendário do cinema mundial. A mostra culmina na entrega do Urso de Ouro, no dia 19, e encerra dia 20.

AGENTE DA SEGURANÇA PRIVADA É MORTO POR CAUSA DE UM REAL.

Fuzil AK-47 mata cerca de 250.000 pessoas por अनो Avtomat Kalashnikova é o maior inimigo dos EUA

Avtomat Kalashnikova é o maior inimigo dos EUA da Livraria da Folha Patrícia Santos/Folhapress Fuzil AK-47 mata cerca de 250.000 pessoas por ano Desde o término da Segunda Guerra Mundial, os Estados Unidos encontram o fuzil Avtomat Kalashnikova em praticamente todos os conflitos que participaram. Barata e eficiente, a arma é a favorita entre rebeldes, milicianos, terroristas e traficantes, mas também é adotada por cerca de 50 exércitos pelo mundo. Conhecido simplesmente como AK-47, o modelo foi criado pelo russo Mikhail Kalashnikov em 1947, daí seu nome. Mais de meio século depois, seu design não sofreu muitas alterações. Reprodução Eficiente e quase indestrutível, fuzil AK-47 ganha "biografia" Durante a Guerra do Vietnã, soldados norte-americanos relataram que AKs desenterrados em áreas de cultivo de arroz, apesar de imundos, molhados e enferrujados, continuavam a disparar perfeitamente. "Seu poder de fogo (600 cartuchos por minuto) e sua confiabilidade impressionante dão a ela uma vantagem sobre os modelos de armas mais sofisticadas, tais como o M-16", diz o jornalista Larry Kahaner. Pelo impacto que esse instrumento bélico causou nos conflitos contemporâneos, Kahaner decidiu escrever o livro "AK-47", uma "biografia" do fuzil que conquistou uma reputação lendária. Com tradução de Mario Pina, o título acaba de ser publicado no Brasil pela editora Record. Leia, abaixo, um trecho do exemplar no qual o autor relata um combate ocorrido em Bagdá. Ela é o fuzil de assalto AK-47. Quando os Apaches pairavam em posição, eles levaram milhares de tiros das tropas de terra do Iraque. Dos 32 helicópteros, 31 sofreram danos; todos tiveram que abortar a missão. Um foi derrubado e dois pilotos foram capturados. Os oficiais do Pentágono não sabem se o helicóptero foi abatido ou sofreu problemas mecânicos. Um piloto que conseguiu voltar a salvo disse: "Vinha de todas as direções. Eu sofri disparos pela frente, por trás, pela esquerda e pela direita." O piloto Bob Duffney, de Springfield, Massachusetts, que voou em helicópteros de combate em 1991 na Guerra do Golfo, acrescentou: "Na Tempestade do Deserto, nós não tivemos um tiroteio como este." Mesmo com todos os bilhões de dólares gastos pelos militares dos Estados Unidos com armas e tecnologia da era espacial, o AK ainda é a arma mais devastadora do planeta. Seu pente em forma de banana dá a esta arma um contorno facilmente reconhecível que a torna um símbolo da rebelião e do poder do Terceiro Mundo. Diferente do flagelo das minas terrestres, os 80 a 100 milhões de AKs fabricados e distribuídos desde a invenção do fuzil em 1947 representam uma ameaça mais perigosa porque eles podem ser facilmente transportados, reparados e usados por bandos de atacantes em incursões em diferentes locais. O AK possibilitou golpes na África, reides terroristas no Oriente Médio e roubos de bancos em Los Angeles. Ele se tornou um ícone cultural, e o seu formato passou a definir para nós a aparência que deve ter um fuzil mortal.

Juiz fecha Câmara de cidade do Triângulo Mineiro por farra de gastos

Juiz fecha Câmara de cidade do Triângulo Mineiro por farra de gastos Ezequiel Fagundes - Estado de Minas Publicação: 10/02/2011 06:30 Atualização: 10/02/2011 08:08 A casa começou a cair para os nove vereadores da Câmara Municipal da pequena cidade de Fronteira, no Triângulo Mineiro, a 680 quilômetros de Belo Horizonte. O juiz criminal Stéfano Renato Raymundo, da comarca de Frutal, acolheu na quarta-feira denúncia de peculato e formação de quadrilha contra todos os vereadores e mais três funcionários da Casa. O grupo é acusado de ter montado um esquema de desvio de dinheiro do contribuinte com a apresentação de gastos surreais da verba indenizatória. Somente na cota de combustível, entre janeiro de 2009 e setembro de 2010, os parlamentares justificaram com notas fiscais forjadas o gasto de R$ 441 mil com combustível, o que seria suficiente para dar 52,2 voltas ao redor do planeta. Não bastasse isso, os nove gastaram a verba para bancar rodízios de carne, rodadas de chope e doses de vodca importada. Eles teriam arcado com as despesas para depois receber o reembolso da verba desviada pela Câmara. Por meio desse sistema, em 19 meses, eles deixaram um rombo de R$ 570.739,53. Até a prisão preventiva contra os acusados foi pedida, mas a Justiça, a princípio, negou por entender que eles têm residência fixa. A farra foi denunciada com exclusividade pelo Estado de Minas em 9 de janeiro. Na terça-feira, os políticos tiveram o primeiro revés. Ainda por ordem do magistrado Stéfano Raimundo, eles foram simplesmente proibidos de entrar nas dependências da Câmara Municipal. Com a decisão, que determinou o afastamento temporário dos acusados, o plenário e todos os gabinetes foram fechados e lacrados. A intenção é colher mais provas e aprofundar as investigações. Na quarta-feira, uma equipe de auditores do Ministério Público de Contas, do Tribunal de Contas do Estado (TCE) de Minas, deu início ao pente-fino, que deve ser concluído sexta-feira. Como a verba indenizatória foi criada em 2000, a suspeita é de que o desvio seja bem maior. O mandado judicial, ordenando a devassa na prestação de contas da verba, foi cumprido na noite de terça-feira, o que interrompeu a primeira reunião ordinária depois do recesso parlamentar de fim de ano. Indignados com o escândalo, populares lotaram as dependências da Casa para protestar. O clima ficou tão tenso que a Polícia Militar foi chamada para evitar possíveis confrontos. Os políticos foram hostilizados com palavrões, porém, nenhuma agressão foi registrada. Na esfera civil, os parlamentares ainda serão denunciados por improbidade administrativa e enriquecimento ilícito. Nessa fase, será requisitado afastamento definitivo do cargo, além do ressarcimento do valor retirado dos cofres públicos da cidade. Beberrão O espantoso consumo de combustível do único carro oficial da Casa foi o que mais chamou a atenção do Ministério Público Estadual. Ao comparar a quilometragem do carro – um Chevrolet Astra Sedã com 120 cavalos de potência – com o volume de combustível supostamente consumido por ele, constatou-se o incrível gasto de 1 litro de gasolina por quilômetro rodado. Com essa média, o veículo dos vereadores de Fronteira consumiria mais gasolina que o superesportivo Bugatti Veyron, o carro de rua mais potente do mundo, que, embora ostente 1.001 cavalos de potência, tem autonomia para rodar até 5 quilômetros com um litro de gasolina. Como beneficiários do esquema foram denunciados os vereadores Maurílio de Toledo (PSDB), Raidar Mamed (PSC), Sileide Nunes (PP), João Veraldi (PDT), Nildomar Lázaro (PR), José Marcelo Soares (PDT), Eduardo Florêncio (PMDB), Daniel Linhares (PMN) e Samer Saroute (PMN). Os assessores Fausto Rogério Marques e Adauto José do Prado, além da contadora Luciana Piaggi, também vão responder pelos crimes de peculato e formação de quadrilha. Eles teriam acobertado o golpe e se beneficiado dele. Cada vereador recebe salário de R$ 3,5 mil mensais, fora o reembolso de R$ 3 mil da verba indenizatória. Pelas regras, aprovadas por eles mesmos, podem-se gastar R$ 550 com alimentação e até R$ 2.450 com combustível. Os parlamentares e os três servidores acusados foram procurados pela reportagem, mas só um foi localizado para conceder entrevista. Falando como porta-voz dos colegas, o fisioterapeuta Daniel Linhares preferiu atacar a imprensa e o MPE do que livrar a própria pele. “Isso que vocês ficam fazendo é sensacionalismo puro. Vocês deveriam ter mais responsabilidade porque o papel do Ministério Público é o de acusar todo mundo. Nós temos família e uma imagem para cuidar”, reclamou. Indagado se houve ou não desvio de verba pública, declarou: “Isso eu não sei dizer. Só a Justiça é quem sabe”

Governo anuncia corte recorde e suspende concursos e nomeações

Governo anuncia corte recorde e suspende concursos e nomeações 09/02/2011 18:40 Guilherme de Almeida - Do CorreioWeb Depois de muita discussão, o governo federal anunciou na tarde desta quarta-feira (9/2) um corte recorde de R$ 50 bilhões no orçamento federal de 2011. O arrocho afeta principalmente os concursos públicos e aqueles candidatos aprovados que aguardam novas nomeações. As medidas fazem parte do pacote de ajustes dos gastos do governo, anunciado no Palácio do Planalto pelo ministro da Fazenda, Guido Mantega, e pela ministra do Planejamento, Miriam Belchior. A ministra disse que até uma segunda ordem, todas as convocações estão suspensas. "Pedi um levantamento completo da situação de todos os concursos para avaliar caso a caso. Em princípio, as chamadas estão suspensas", explicou. Quer dizer, ainda é cedo para listar quais concursos serão suspensos. O detalhamento do corte e a priorização da redução dessas despesas só devem sair na semana que vem, após uma avaliação de cada caso. O Palácio do Planalto pediu que o ministro da Educação, Fernando Haddad, apresentasse apenas as contratações consideradas essenciais de professores e técnicos para as universidade federais. O objetivo é postergar ao máximo a efetivação de novos servidores. A pasta de Educação é o carro-chefe das contratações de servidores para este ano. Antes de 2011, o maior bloqueio anunciado no orçamento federal havia ocorrido no início de 2010, quando R$ 21,8 bilhões foram contingenciados.

Bombeiro faz parto de risco e ainda ressuscita bebê em sinais vitais

Bombeiro faz parto de risco e ainda ressuscita bebê em sinais vitais Publicado no Super Notícia em 10/02/2011Avalie esta notícia » 246810.VICTOR HUGO FONSECA falesuper@supernoticia.com.br Notícia Comentários(0)Compartilhe Mais notícias AAFOTO: CORPO DE BOMBEIROS/DIVULGAÇÃO Bombeiros contaram que parto foi difícilCORPO DE BOMBEIROS/DIVULGAÇÃO Bombeiros contaram que parto foi difícil Uma equipe do Corpo de Bombeiros de Montes Claros, no Norte de Minas, encarou um desafio incomum e gratificante. Além de auxiliarem uma mulher em trabalho de parto, os bombeiros tiveram que reanimar o bebê, que nasceu sem sinais vitais. O fato aconteceu na manhã de ontem. Mãe e filho estão hospitalizados. Segundo o cabo Robson Pereira Dias, de 42 anos, o marido da dona de casa Maria Cristina Martins da Cruz, de 32 anos, ligou para os bombeiros às 7h20. A mulher já estava em trabalho de parto, dentro de casa, quando a viatura chegou. "Foi um parto complicado porque os membros inferiores já tinham saído e o bebê estava preso pela cabeça. O mais comum é o contrário", contou. Depois de alguns minutos, o militar conseguiu retirar o menino, que não apresentava sinais de vida. "Realizamos o protocolo. Havia a ansiedade para reanimar a criança e a preocupação para não fazer nada errado", lembrou. O bombeiro, que está na corporação há 20 anos, iniciou uma série de massagens cardíacas ainda na casa da mulher e durante todo o trajeto até o Hospital Universitário de Montes Claros. "Foi uma emoção muito grande. Já tinha transportado mulheres grávidas, mas nunca conclui um trabalho de parto". (Com Tábata Martins)

Ministro da Justiça tenta resolver crise carcerá .Que os governos federal e estadual trabalharão em uma frente emergencial

Ministro da Justiça tenta resolver crise carcerária Em reunião com a governadora Roseana Sarney ficou decidido que os governos federal e estadual trabalharão em uma frente emergencial Ernesto Batista - 9/02/2011 - 18:48 No dia seguinte a rebelião que matou seis presos em uma cadeia superlotada no Maranhão, o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, esteve na capital maranhense por orientação da presidente Dilma Rousseff para discutir a situação carcerária do Estado. Ele foi orientado a ajudar o Estado a superar a crise carcerária que já resultou na execução de 24 presos em quatro meses. "A presidenta fez questão de ressaltar as fortes relações institucionais e de amizade que a une à governadora Roseana Sarney", afirmou. O ministro passou a manhã de quarta reunido com a governadora Roseana Sarney (PMDB), e ficou decidido que o governo federal e o governo maranhense vão trabalhar em uma frente emergencial e uma de médio prazo. Na primeira frente o esforço será para concluir o presídio de Imperatriz e executar a obra dos presídios de Bacabal e Pinheiro nos próximos seis meses, o que deverá abrir 1500 vagas até julho deste ano. Em uma segunda frente, foi anunciado um projeto mais amplo com parcerias para zerar o déficit carcerário e de combate à criminalidade no Estado nos próximos quatro anos. Também nesta quarta-feira, em Pinheiro, começou a transferência de presos - 16 já foram levados para as suas comarcas de origem - e a dificuldade foi encontrar carcereiros que topem vigiar os detentos depois de 15 horas de rebelião. A solução encontrada foi colocar policias militares dentro da delegacia até que o problema seja resolvido em definitivo. O esforço para reverter o crise do sistema prisional maranhense já havia sido acordado com governo federal, mas acabou sendo acelerado por causa da repercussão da rebelião na delegacia regional de Pinheiro que resultou na execução de seis presos. O Maranhão tem quatro presídios em funcionamento, mas precisa abrigar cerca de 5.400 detentos. Esta situação levou o Estado a acomodar cerca de 1.900 presos em delegacias.

quarta-feira, 9 de fevereiro de 2011

Novos agentes vão passar por curso de formação de seis meses

policiais para atuar nas UPPs Novos agentes vão passar por curso de formação de seis meses Do R7 | 09/02/2011 às 07h45 ..Publicidade ...A Polícia Militar do Rio de Janeiro convocará mais 3.400 candidatos aprovados no último concurso para soldado da corporação. Após passarem pelo curso de formação, com duração de seis meses, os novos agentes vão atuar em UPPs (Unidades de Polícia Pacificadora). Até o fim deste ano, um total de 7.000 novos policiais serão incorporados pela PM. A medida foi publicada no Diário Oficial desta quarta-feira (9) pela Secretaria de Planejamento e Gestão. A nova convocação permitirá que as UPPs alcancem todas as comunidades planejadas para este ano. A folha salarial prevista para o ingresso de novos PMs deverá ficar em torno de R$ 59 milhões. Desde janeiro, a corporação já chamou mais de mil aprovados nas provas intelectuais para serem submetidos às avaliações físicas. Em janeiro, 500 foram aprovados e já começaram a frequentar o curso de formação de soldados. Assim que começam as aulas, eles passam a receber a bolsa-auxílio no valor de R$ 737,77. Cronograma de ingresso de novos soldados Janeiro – 500 incorporações Fevereiro – 500 incorporações Março - 600 incorporações Abril – 600 incorporações Maio – 600 incorporações Junho – 600 incorporações Julho – 600 incorporações Agosto - 600 incorporações Setembro – 600 incorporações Outubro – 600 incorporações Novembro – 600 incorporações Dezembro – 600 incorporações Total – 7.000 incorporações

Auxílio-reclusão: SERÁ QUE É POR ISSO QUE A PREVIDÊNCIA ESTÁ QUEBRADA ?

Auxílio-reclusão: SERÁ QUE É POR ISSO QUE A PREVIDÊNCIA ESTÁ QUEBRADA ? O auxílio-reclusão é um benefício devido aos dependentes do segurado recolhido à prisão, durante o período em que estiver preso sob regime fechado ou semi-aberto. Não cabe concessão de auxílio-reclusão aos dependentes do segurado que estiver em livramento condicional ou cumprindo pena em regime aberto. E que a partir de 1º janeiro passou para R$810,18, veja portaria da Ministério da Previdência Social : http://www.previdenciasocial.gov.br/conteudoDinamico.php?id=22

Lavrador que abusava de filhas é morto EM REBELIÃO NO MARANHÃO

REBELIÃO NO MARANHÃO Lavrador que abusava de filhas é morto O lavrador José Agostinho Bispo Pereira, 55, que teve oito filhos-netos com duas filhas no MA, foi decapitado ontem em uma rebelião na delegacia de Pinheiro (350 km de São Luís). Outros cinco presos foram mortos no local -três deles também decapitados. A rebelião começou na segunda e só acabou na tarde de ontem. Os presos reclamavam da superlotação. A delegacia tem capacidade para cerca de 30 presos, mas abrigava mais de 90. Em dezembro de 2010, Pereira foi condenado a 63 anos de prisão por estupro, inclusive contra duas filhas-netas, uma delas de seis anos
Quarta, 09 de Fevereiro de 2011 Policial é morto em assalto Dois dias após jogador do América ser morto, investigador da Civil também é assassinado, na Pampulha, por causa de correntinha Publicado no Super Notícia em 09/02/2011 Avalie esta notícia » VICTOR HUGO FONSECA E JAQUELINE ARAÚJO Mãe do acusado de matar o policial foi impedida de visitar o filho no hospital Um policial civil de 48 anos morreu na manhã de ontem, após ter reagido a um assalto, durante a madrugada, na região da Pampulha, em Belo Horizonte. De acordo com a Polícia Civil, o investigador Rômulo Hebert Silveira da Silva, de 48 anos, que trabalhava na Coordenadoria de Apoio Aéreo, passava em um carro Punto acompanhado de uma amiga, pela avenida Otacílio Negrão de Lima, no bairro Jardim Atlântico, por volta das 4h, quando foi abordado por quatro assaltantes. Dois estavam em uma moto e os outros dois estariam em um Fiat Prêmio de cor verde. Ao se dar conta de que seria assaltado, o policial reagiu e sacou uma arma. Houve troca de tiros, Silva acertou três tiros em Rafael dos Santos Cândido, de 21 anos, que revidou atingido o investigador com cinco disparos. O policial foi socorrido com vida e levado para o Hospital Risoleta Neves, em Venda Nova, mas não resistiu aos ferimentos e morreu no início da manhã. A Polícia Militar conseguiu localizar, durante a madrugada, Rafael Cândido, suspeito de ter disparado contra o policial. O rapaz procurou atendimento na Policlínica Ressaca, em Contagem, na região metropolitana da capital. Em seguida, ele foi transferido para o Hospital Municipal de Contagem, onde ficou internado sob escolta. A Secretaria Municipal de Saúde de Contagem informou que Rafael passou por uma cirurgia e não corre risco de morte. De acordo com o delegado Islande Batista, a mulher que acompanhava Silva reconheceu uma corrente que foi encontrada no pescoço de Rafael como sendo do policial. "Ele seria o autor dos disparos. Estamos buscando os outros que participaram do latrocínio (roubo seguido de morte)", disse. Ainda de acordo com o delegado, a mulher ainda não prestou depoimento. Ele explicou que ela está em estado de choque e não consegue esclarecer mais detalhes. A Polícia Civil ouviu, durante a tarde de ontem, três homens que foram detidos após uma denúncia. Policiais chegaram até os três suspeitos após buscas realizadas nos bairro Nacional e Bom Jesus, em Contagem, onde moram Rafael e outros suspeitos. A polícia ainda prendeu um outro suspeito em Betim. Todos foram ouvidos na Divisão de Operações Especiais da Polícia Civil (Deoesp) e liberados no início da tarde de ontem por falta de provas. Na manhã de ontem, a mãe de Rafael Cândido, que não quis se identificar, esteve no hospital para visitar o filho. Muito abalada, ela disse que era difícil acreditar no que estava acontecendo, pois o filho nunca foi preso e fazia "bicos" como vendedor. Enterro Rômulo Herbert Silveira da Silva era policial civil desde 1992. Ele passou por várias unidades da corporação, entre elas, Acadepol, Departamento de Telecomunicações e Delegacia de Mulheres. O corpo de Silva vai ser enterrado hoje, às 9h, no Cemitério do Bonfim, no bairro Bonfim, em Belo Horizonte. Reação só no último caso Na semana passada, uma dupla que tentou roubar um sargento da PM, à paisana, se deu mal. O militar reagiu e um ladrão foi baleado e outro foi preso. Tiago Lima Claudino, de 28 anos, e Reginaldo da Silva Rodrigues, de 34, avistaram um homem, em um ponto de ônibus, na avenida Santos Dumont, no centro da capital. Os ladrões tentaram dar uma chave de braço, conhecido como "gogo" no militar. Mesmo depois de anunciar que era policial, a dupla partiu para cima do sargento, que sacou a arma e atirou no abdômen de Rodrigues. Ferido, ele e o comparsa correram dois quarteirões, mas foram capturados por uma viatura. O sargento Fábio Lúcio Souza, do 1° Batalhão da Polícia Militar destacou que o colega agiu em legítima defesa. "Neste caso, ele não estava sofrendo apenas ameaças, eles o agrediram, por isso ele reagiu", disse. Não reagir. Essa é a recomendação da PM, segundo o capitão Gedir Rocha, assessor de imprensa da corporação. Em relação ao sargento agredido, o capitão frisou que os militares estão preparados para atuar de acordo com a necessidade. "Somos policiais 24 horas, o policial está capacitado, para se houver a possibilidade, agir." Comentários

terça-feira, 8 de fevereiro de 2011

PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA FORMAÇÃO DO QUADRO DE RESERVA

GOVERNO DO ESTADO DE MINAS GERAIS SECRETARIA DE ESTADO DE DEFESA SOCIAL ESCOLA DE FORMAÇÃO DA SECRETARIA DE ESTADO DE DEFESA SOCIAL DIRETORIA DE RECRUTAMENTO E SELEÇÃO INSTRUMENTO CONVOCATÓRIO EF/SEDS Nº 010/2011 08 DE FEVEREIRO DE 2011. PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA FORMAÇÃO DO QUADRO DE RESERVA PARA UNIDADES SOCIOEDUCATIVAS DE BELO HORIZONTE E REGIÃO METROPOLITANA DE BELO HORIZONTE (BH E RMBH). A SECRETARIA DE ESTADO DE DEFESA SOCIAL, por meio da ESCOLA DE FORMAÇÃO, atendendo à

Polícia já recapturou 51 presos que fugiram em SC

Polícia já recapturou 51 presos que fugiram em SC Marília Lopes - 8/02/2011 - 11:22 A polícia de Santa Catarina já recapturou 51 dos 79 presos que fugiram ontem à noite do Complexo Penitenciário de Florianópolis, no bairro Agronômica. Foi a maior fuga já registrada no Estado. Segundo a Secretária Estadual de Segurança Pública, os policiais continuam as buscas pelos 28 detentos que ainda não foram recapturados. Os trabalhos estão concentrados nos bairros de Trindade, Agronômica, Morro do Horácio e Mangue do Itacorubi. A Corregedoria do Setor de Justiça e Cidadania irá abrir uma sindicância para apurar se uma falha humana teria favorecido a fuga dos detentos. A previsão é que a investigação seja concluída em 30 dias.

Detentos fazem rebelião em delegacia no Maranhão; cinco presos foram assassinados

Detentos fazem rebelião em delegacia no Maranhão; cinco presos foram assassinados 08/02/2011 10h15 Siga no Twitter.com/otempoponline Detentos da Delegacia Regional de Pinheiros (MA) realizam, desde a noite dessa segunda-feira (7), uma rebelião em protesto à superlotação da cadeia. Desde o início do motim, cinco detentos foram assassinados. A delegacia tem capacidade para 40 detentos e abriga mais de 90 atualmente. Os presos pedem que um juiz e um promotor sejam encaminhados ao local, para que comecem as negociações. De acordo com um investigador que trabalha na delegacia, os presos quebraram as celas e, quando alguém tentava se aproximar, eles matavam um detento.

Policial civil reage a assalto e morre na região da Pampulha

Policial civil reage a assalto e morre na região da Pampulha 08/02/2011 09h33Avalie esta notícia » 246810.TABATA MARTINS Siga em: twitter.com/OTEMPOonline Notícia Comentários(5)Compartilhe Mais notícias AAUm policial civil de 48 anos morreu na manhã desta terça-feira (8) após ter reagido a um assalto durante esta madrugada na região da Pampulha. De acordo com a Polícia Militar, o policial passava pela avenida Otacílio Negrão de Lima por volta das quatro horas da manhã, quando foi abordado por dois assaltantes. Ao se dar conta de que seria assaltado, o policial reagiu e sacou uma arma. Assustados com a atitude do policial, os assaltantes atiraram cinco vezes contra ele. Após ser baleado, a vítima chegou a ser socorrida com vida e foi levada para o Hospital Pronto Socorro de Venda Nova, mas não resistiu aos ferimentos e morreu no início da manhã desta terça. Segundo os militares do 49° Batalhão, o policial conseguiu atingir um dos suspeitos durante a tentativa de assalto. No entanto, os dois conseguiram fugir em uma moto. Após rastreamento, os militares conseguiram localizar um dos suspeitos, que foi encontrado quando recebia atendimento na Policlínica Ressaca, em Contagem, na região metropolitana da capital mineira. A tentativa de assalto será investigada pela Delegacia de Crimes contra o Patrimônio, chefiada pelo Delegado Islande Batista.

Presos em rebelião no interior do Maranhão fazem colegas pedófilos reféns

Presos em rebelião no interior do Maranhão fazem colegas pedófilos reféns

Setenta e nove presos fogem de complexo

publicado em 08/02/2011 às 08h20: Setenta e nove presos fogem de complexo penitenciário de Florianópolis (SC) Fuga ocorreu na noite da segunda-feira; pelo menos 41 já foram recapturados Do R7, com Agência Estado.Texto: .. Publicidade ...Pelo menos 79 presos conseguiram fugir do complexo penitenciário de Florianópolis (SC), no bairro Agronômica, na noite da segunda-feira (7). Esta foi a maior fuga já registrada em Santa Catarina. O recorde anterior era de 48 presos. A fuga da noite da segunda-feira ocorreu após dois agentes penitenciários terem sido rendidos e amarrados por alguns detentos. Na sequência, o grupo abriu várias outras celas do local. No momento da fuga, havia 228 detentos no complexo. Segundo a polícia, a fuga só não foi maior porque um policial militar que estava de plantão no local percebeu a movimentação e efetuou um disparo, chamando a atenção do restante da segurança do presídio. Após a fuga, alguns detentos chegaram a se esconder nas casas vizinhas ao complexo. Houve tensão nas ruas ao redor do prédio. Clientes de um supermercado e de postos de combustíveis nas redondezas se esconderam, com medo de serem feitos reféns. Até a publicação desta notícia, 41 deles já tinham sido enviados novamente ao presídio. Com eles foram apreendidas três armas calibre 12 - com bala de borracha - uma calibre 38 e três granadas de luz e som. As buscas continuam na região

. A Polícia Civil investiga cerca de 30 candidatos que prestaram concurso na Academia de Polícia Civil do Estado de Minas Gerais (Acadepol)

Polícia fecha o cerco contra fraude em diplomas Publicado no Jornal OTEMPO em 08/02/2011Avalie esta notícia » 246810.Notícia Comentários(0)Compartilhe Mais notícias AAFOTO: RODRIGO CLEMENTE - 24.1.2011 Repórter comprou o diploma durante o dia, no centro da capitalRODRIGO CLEMENTE - 24.1.2011 Repórter comprou o diploma durante o dia, no centro da capital Menos de duas semanas após O TEMPO denunciar com exclusividade um esquema de venda de certificados de ensino médio que funciona em pleno centro de Belo Horizonte, a Polícia Civil informou que deve concluir o inquérito ainda nesta semana. "O inquérito está em fase avançada", informou o delegado Islande Batista, chefe do Departamento de Crimes contra o Patrimônio. A equipe de investigadores chefiada pela delegada Adriana Bianchini, da 4ª Delegacia Especializada de Falsificações e Defraudações, está investigando os criminosos que vendiam diplomas à luz do dia na avenida Santos Dumont, a poucos metros da uma delegacia. A reportagem confirmou o esquema fraudulento ao comprar o documento, que custou R$ 200. Em seguida, o diploma falso foi entregue para a Polícia Civil. Investigadores que combatem a fraude informaram que trata-se de falsificação grosseira. A delegada Bianchini informou que o crime tem se tornado cada vez mais comum. "Somente na minha delegacia são, em média, dez casos todo mês". A compra. O documento foi encomendado por telefone no dia 19 com um homem que se identificou como Marcelo. "Vai resolver seus problemas", garantiu. Seis dias depois, o diploma fraudado foi entregue nas mãos do repórter por um homem que disse vender diplomas falsos há seis anos. "Nunca deu problema. Já vendi até para gente que entrou na PM e na BHTrans", informou. No documento ilegal há carimbos da Secretaria de Estado de Educação e do Sesi Alvimar Carneiro de Resende, no bairro Cinco, em Contagem, região metropolitana da capital. O colégio é ligado à Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (Fiemg), que informou que irá implantar esquema de certificados com marca-d’água para evitar novas fraudes. ACADEPOL. A Polícia Civil investiga cerca de 30 candidatos que prestaram concurso na Academia de Polícia Civil do Estado de Minas Gerais (Acadepol) e apresentaram diplomas falsos. (RRo)

segunda-feira, 7 de fevereiro de 2011

COMPANHEIRAS E COMPANHEIROS NÃO PERCAM O PRAZO DAS INSCRIÇÕES DO BOLSA FORMAÇÃO 2011

COMPANHEIRAS E COMPANHEIROS NÃO PERCAM O PRAZO DAS INSCRIÇÕES DO BOLSA FORMAÇÃO 2011 As inscrições para o Bolsa Formação estarão abertas a partir do dia 7 (HOJE) de fevereiro e se encerram no dia 27 do mesmo mês. As categorias de profissionais que podem ser contemplados permanecem as mesmas, assim como as condições para participar do projeto. Poderão participar os profissionais de estados e municípios que fazem parte do Programa Nacional de Segurança Pública com Cidadania (Pronasci) e que tenham assinado o termo de adesão ao projeto Bolsa Formação.As inscrições para o Bolsa Formação estarão abertas a partir do dia 7 (HOJE)

CINCO AGENTES PENITENCIÁRIOS TRABALHAVAM NO PRESÍDIO ANÍBAL BRUNO NO MOMENTO DO APAGÃO.

CINCO AGENTES PENITENCIÁRIOS TRABALHAVAM NO PRESÍDIO ANÍBAL BRUNO NO MOMENTO DO APAGÃO. ESSE PRESÍDIO TEM 4080 APENADOS. (Não são agentes, são SUPER-HERÓIS!) Um detento foi assassinado no pavilhão D do Presídio Professor Aníbal Bruno, no bairro de Tejipió, aproximadamente 15 minutos durante o apagão que atingiu oito estados da região Nordeste. O tumulto, segundo a polícia, ocorreu entre às 23h30 e 2h20, tempo em que as luzes permaneceram apagadas. O detento Thiago Henrique Morais da Silva, de 24 anos, deu entrada na emergência do Hospital Otávio de Freitas (HOF) às 2h e, de acordo com testemunhas, havia sido degolado e já estava sem vida ao dar entrada na unidade médica. Um segundo re-educando, identificado como Alexandre Gomes da Silva, 33, foi agredido à tijoladas e facadas durante o tumulto. Ele foi encaminhado para o Hospital da Restauração (HR), no Derby, onde está sob custódia. Segundo a assessoria do HR o estado de saúde dele é estável e ainda não há previsão de alta. Segundo a Secretaria de Ressocialização (Seres) não foi registrado nenhum tumulto em outra unidade prisional. As investigações foram iniciadas pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) e depois de prestar depoimento, o detento Robert Taylor Rodrigues de Morais, 20, foi autuado em flagrante pelo homicídio. O Batalhão de Choque da Polícia Militar foi acionado, mas não chegou a atuar no interior da unidade e permaneceu no local durante a madrugada de ontem, mas sem invadir. Equipes de Resgate do Corpo de Bombeiros e viaturas do 12º Batalhão da Polícia Militar (BPM), que cobrem a área, também foram deslocadas para a frente do presídio. O clima começou a ser normalizado por volta das 3h30, quando as unidades policiais começaram a deixar o local. O Aníbal Bruno tem capacidade para 1.448 detentos, mas atualmente comporta 4.080 presos. De acordo com o secretário Executivo de Ressocialização, coronel Romero Ribeiro, (05) CINCO AGENTES PENITENCIÁRIOS TRABALHAVAM NO PRESÍDIO NO MOMENTO DO APAGÃO. “De maneira geral foi um dia atípico por conta do apagão. A gente mobilizou toda a equipe de segurança e conseguiu reforço da Polícia Militar, com equipes do Choque e do Cioe (Companhia Independente de Operações Especiais), mas não foi necessário que eles entrassem no presídio”, destacou. Ainda segundo Romero Ribeiro, também houve reforço na Colônia Penal Feminina do Recife, no Centro de Triagem e nas Penitenciárias Barreto Campelo e Agroindustrial São João (PAIS), com pelo menos, duas viaturas da PM em cada unidade, mas não houve nenhum registro de tumulto.

GABARITO DA AVALIAÇÃO ESCRITA RIBEIRÃO DAS NEVES.

GOVERNO DO ESTADO DE MINAS GERAIS SECRETARIA DE ESTADO DE DEFESA SOCIAL SUBSECRETARIA DE PROMOÇÃO DA QUALIDADE E INTEGRAÇÃO DO SISTEMA DE DEFESA SOCIAL ESCOLA DE FORMAÇÃO DA SECRETARIA DE ESTADO DE DEFESA SOCIAL NÚCLEO DE TREINAMETO PRISIONAL TREINAMENTO INTRODUTÓRIO PARA O QUADRO DE PESSOAL E QUADRO DE RESERVA DAS UNIDADES PRISIONAIS DO MUNICÍPIO DE RIBEIRÃO DAS NEVES. SEGUNDA TURMA GABARITO DA AVALIAÇÃO ESCRITA AGENTE DE SEGURANÇA PENITENCIÁRIO 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 D C B A A D C C B D 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 B D B B D A B A B C Belo

Policiais suspeitos de extorquir presos são detidos no Rio de Janeiro

Policiais suspeitos de extorquir presos são detidos no Rio de Janeiro » 246810DA REDAÇÃO Siga em: twitter.com/OTEMPOOnline Três policiais civis foram detidos nesta segunda-feira (7) acusados de extorquir presos da Polinter de Araruama, no Rio de Janeiro. Segundo informações do Ministério Público, as prisões aconteceram durante realização de uma operação batizada de Grades Limpas, cuja as investigações comprovaram que os civis cobravam propinas de presos na carceragem, em troca de benefícios. Segundo investigações, os policiais cobravam R$ 3 mil de entrada e uma quantia de R$ 200 semanal dos presos que queriam ficar em celas especiais com aparelhos de som, vídeo game, DVD, entre outras regalias. Eles também cobravam R$ 50 dos presos que queriam passar meia hora em uma sala que foi montada para visitas íntimas. Além dos civis, oito detentos, que também participavam do esquema, tiveram prisão decretada. Cerca de R$ 20 mil e uma pequena quantidade de maconha foram apreendidos durante a operação. De acordo com informações oficiais, os policiais foram afastados, responderão a processo criminal a partir da denúncia do MP e processo administrativo na Corregedoria da Polícia Civil. Os presos devem ser denunciados por formação de quadrilha e concussão (ato de exigir para si ou para outro dinheiro ou vantagem em razão da função).

Integrantes do bando que assaltou o Banco Central em 2005 fogem da prisão

Integrantes do bando que assaltou o Banco Central em 2005 fogem da prisão Agência Brasil Publicação: 06/02/2011 14:25 Atualização: Integrantes da quadrilha que assaltou o Banco Central (BC) em Fortaleza e sequestradores fugiram do Instituto Penal Professor Olavo Oliveira 2 (IPPOO 2), em Itaitinga (CE). No total foram dez fugitivos, sendo que quatro são da quadrilha que roubou o BC em 2005. Entre os fugitivos está Marcos Rogério Machado de Morais, o “Bocão”. No sábado (5/2) à tarde, em horário de visita, um grupo de bandidos fez a operação de resgate dos presos. Segundo a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social do Estado do Ceará, o objetivo da ação era resgatar Alexandre de Sousa Ribeiro, conhecido como “Alex Gardenal”, considerado um dos bandidos mais perigosos do estado. Ele é responsável por assaltos a banco, a carro-forte e sequestro e está foragido. Enquanto um grupo rendeu agentes prisionais no interior do presídio, outros atiraram contra polícias militares responsáveis pela segurança externa. Um sargento levou um tiro de raspão e um agente penitenciário, uma coronhada. De acordo com a secretaria, as buscas aos fugitivos continuam neste domingo (6/2) e a investigação já foi iniciada

Sargento da PM é suspeito de matar uma pessoa e ferir duas em festa na Chapada Gaúcha

Sargento da PM é suspeito de matar uma pessoa e ferir duas em festa na Chapada Gaúcha 06/02/2011 19h34Avalie esta notícia » 246810.DA REDAÇÃO Siga em: twitter.com/OTEMPOOnline Notícia Comentários(4)Compartilhe Mais notícias AADurante a madrugada deste domingo, um sargento da Polícia Militar se envolveu em uma briga e é suspeito de matar uma pessoa e ferir duas em uma festa particular na Chapada Gaúcha, região Norte de Minas. De acordo com a PM de Unaí, o sargento estava à paisana. Segundo relatos de testemunhas, seis jovens chegaram intimidando o sargento. Um dos seis proferiu um tapa no peito do sargento e disse que "o sargentinho novo ia ver quem é que manda". Durante a confusão, o militar foi agredido, sacou a arma, e acertou três pessoas. Ao tentarem desarmá-lo, o próprio militar foi atingido. Uma pessoa morreu. Outras duas pessoas, entre elas um adolescente de 16 anos, ficaram feridas e foram atendidas no hospital da cidade. Após atendimento, foram detidos, prestaram depoimento e foram liberados. No grupo de jovens envolvidos na briga estão rapazes com idade entre 18 e 22 anos. O sargento, que é natural de Paracatu e trabalha há pouco tempo na Chapada Gaúcha, foi atingido no braço, está internado e preso no Hospital de Unaí e, assim que receber alta, ficará preso no quartel da cidade. De acordo com o tenente Eberon, um processo administrativo será instaurado e, caso se confirme culpa por parte do militar, ele será punido com as providências cabíves. Além disso, ele vai responder processo criminal pela morte do rapaz. Atualizada às 19h56

Anderson Silva deixa Vitor Belfort no chão e se mantém com o cinturão dos médios

Anderson Silva deixa Vitor Belfort no chão e se mantém com o cinturão dos médios 06/02/2011 04h17Avalie esta notícia » 246810.LEANDRO CABIDO Siga em: twitter.com/super_fc Notícia Comentários(1)Compartilhe Mais notícias AAFOTO: JULIE JACOBSON/ASSOCIATED PRESS Anderson Silva comemora a vitória sobre o rival brasileiro em Las VegasJULIE JACOBSON/ASSOCIATED PRESS Anderson Silva comemora a vitória sobre o rival brasileiro em Las Vegas Em um chute direto no queixo de Vitor Belfot ainda no primeiro round, Anderson Silva manteve o cinturão dos pesos médios do UFC . O evento de MMA mais prestigiado do planeta chegou na sua edição 126, em Las Vegas, com a luta mais esperada de todos os tempos. A 13ª vitória de Silva teve pouco mais de quatro minutos de duração, com “Spider” mostrando o porque de ser considerado o maior lutador da história. A luta Victor Belfort, o “Fenômeno”, tem em seu currículo uma marca invejável, que dificilmente será quebrado: aos 19 anos, se tornou o lutador mais jovem da história a vencer no UFC. Já Silva, virou uma lenda viva do esporte ao ser o maior defensor de cinturão do evento. A batalha no octógono começou estudada, com os dois lutadores se respeitando bastante. Segundos depois, Silva abaixou a guarda, tentando chamar Belfort para o combate. Em seguida, o atual campeão achou um espaço entre os braços do carioca e acertou-lhe um chute no queixo. O “Fenômeno” caiu quase sem sentidos no chão, quando o “Spider” o finalizou com mais dois socos

domingo, 6 de fevereiro de 2011

PM agrede juíza de São Gonçalo e agente penitenciário

PM agrede juíza de São Gonçalo e agente penitenciário RJ - Um policial militar do Batalhão de Polícia de Trânsito Rodoviário e Urbano (BPRV) está sendo acusado de agredir uma juíza de São Gonçalo e o amigo dela, um agente penitenciário, na casa da magistrada, em Piratininga, Niterói, no final da madrugada de sábado (5). O caso ainda está envolto em versões. O delegado responsável, Adilson Palácio, não quis dar declarações oficiais. ...

Dois agentes penitenciários acusam PMs de espancamento

Dois agentes penitenciários acusam PMs de espancamento Da redação - 6/02/2011 - 10:55 Dois agentes penitenciários fizeram exame de corpo de delito, sábado, no Instituto Médico-Legal (IML) de Belo Horizonte, depois de se envolverem em uma confusão com policiais militares em Santa Luzia. Essa é a segunda vez que integrantes das duas corporações se ‘estranham’ em menos de uma semana na Grande BH. O comando do 35º Batalhão da Polícia Militar (PM) informou que vai apurar o caso. A confusão aconteceu na noite da última sexta-feira, depois que policiais militares foram a uma pizzaria, no Bairro Londrina, para verificar denúncias relacionadas ao tráfico de drogas. Mais de 20 pessoas foram revistadas no local, entre elas, os dois agentes penitenciários que pediram para não ser identificados. A. C.D., 33 anos, e G.F.S., 41 anos, jantavam quando foram abordados por um sargento da PM. Os agentes afirmam que se identificaram para os policiais mostrando as carteiras funcionais. Um deles estava armado e teria apresentado o registro da pistola e o documento de porte. Segundo A. C.D., ainda assim, ele e o colega foram jogados no chão e presos. “Eles nos trataram com brutalidade. Deram chutes enquanto estávamos no chão, nos algemaram do nada. Não desobedecemos as ordens que os policiais deram. Não entendo porque nos espancaram”. O outro agente penitenciário mostrou aos médicos peritos as marcas das supostas agressões que ficaram nas costas e nas mãos. G. F. S. também teve a camisa rasgada. Ele e o colega contaram na delegacia que passaram mais de sete horas dentro das viaturas da PM. “Eles colocaram cada um em um camburão, entraram no batalhão e só saíram quando já estava amanhecendo. Depois disso, nos levaram para o pronto atendimento para sermos medicados”, conta o agente. Na delegacia, os policiais registraram a ocorrência que narra supostos atos de desobediência e desacato dos agentes penitenciários. O boletim também traz a versão dos militares de que os dois detidos não se identificaram e foram agressivos durante a abordagem. O comando do 35º Batalhão da Polícia Militar (PM) informou que vai apurar o caso. A. C. D. e G. F. S. foram liberados depois de serem ouvidos. A arma apreendida pela PM também foi devolvida, já que o proprietário possui o porte. Os agentes garantem que vão amanhã à Corregedoria da Polícia Militar para registrar denúncia. Os agentes penitenciários não são policiais civis, mas integram a corporação. Na última quarta-feira, policiais civis e militares se enfrentaram em frente a uma oficina mecânica, no Bairro Amazonas, em Contagem, na Grande BH. A confusão começou depois que sete homens foram presos por agentes do Departamento de Operações Especiais (Deoesp). Os suspeitos teriam participado de um sequestro, seguido de roubo, de um gerente do Banco Santander, em Betim. Segundo testemunhas, os policiais civis chegaram ao local em carros descaracterizados e prenderam os suspeitos dentro da oficina. No momento em que os detidos eram colocados nos veículos, chegou uma viatura da PM. Um tenente teria entrado na oficina e exigido a identificação dos agentes, entre eles, um delegado. Os policiais se desentenderam e houve agressividade dos dois lados. O caso está sendo apurado pelas corregedorias das polícias Civil e Militar

PHARAOH disse...

PHARAOH disse... PLANO DE FUGA Polícia impede ação de líder do PCC no Ceará Publicado no Jornal OTEMPO em 06/02/2011 Fortaleza. Um dos líderes do assalto ao Banco Central de Fortaleza, Marcos Rogério Machado de Morais - conhecido como "Cabeção" ou "Bocão" - conseguiu fugir do Instituto Penal Professor Olavo Oliveira 2, em Itaitinga, na região metropolitana de Fortaleza. Ele e outros oito presos foram resgatados, no início da tarde de ontem, numa operação em que o presídio foi invadido por um grupo armado. Dois ficaram feridos durante a troca de tiros entre os invasores e a segurança do presídio. Um sargento da PM foi atingido de raspão no braço, e o agente penitenciário com uma coronhada na cabeça. De acordo com a Polícia, o objetivo principal era libertar Alex Sousa Ribeiro, o "Alex Gardenal". Marcos Rogério, apontado como um dos líderes da facção que agia nos presídios paulistas, o Primeiro Comando da Capital (PCC), havia sido preso em agosto de 2007, em São Paulo. Assalto Memorável O assalto ao Banco Central de Fortaleza foi muito bem arquitetado. Ocorreu em agosto de 2005 e foi considerado a maior ação contra bancos no Brasil. Usando um túnel, os ladrões conseguiram levar R$ 164,7 milhões sem serem notados. Até hoje a polícia não conseguiu recuperar a maior parte do dinheiro. 6 de fevereiro de 2011 10:46

Vereadores de BH querem salário de R$ 15 mil

Vereadores de BH querem salário de R$ 15 mil Gasto em BH, só com a remuneração de parlamentares, pode passar de R$ 4,9 milhões para R$ 8 milhões por ano Lucca Figueiredo e Humberto Santos - HOJE EM DIA CARLOS RHIENCK Vereadores discutem o próprio aumento em reunião plenáriaEnquanto trabalhadores e centrais sindicais lutam por um reajuste maior no salário mínimo e travam uma verdadeira batalha com o Governo federal, os vereadores de Belo Horizonte analisam a possibilidade de aumentar o próprio salário se utilizando do chamado efeito cascata causado pela aprovação do aumento para os deputados estaduais e federais. Para isso, o presidente da Casa, vereador Léo Burguês (PSDB), já determinou a realização de estudos técnicos e também fez consultas ao Ministério Público (MP) e ao Tribunal de Contas do Estado (TCE-MG). O assunto é tratado a sete chaves dentro da Câmara Municipal. LEIA NO JORNAL HOJE EM DIA

Jogador do América é assassinado em BH

Jogador do América é assassinado em BH Ivan Satuf Publicação: PORTAL UAI Atleta chegou à capital mineira em janeiro, transferido do Corinthians Um jogador recém-contratado pelo América foi protagonista de uma tragédia na madrugada deste domingo em Belo Horizonte. O meio-campista William Morais, de 19 anos, foi assassinado no Bairro Santa Terezinha, na Região da Pampulha. Segundo a Polícia Militar, o atleta saía de uma festa na Avenida Clóvis Salgado quando foi cercado por assaltantes que queriam levar uma corrente de ouro que estava no pescoço dele. Uma testemunha disse que o jogador teria reagido antes de ser baleado por um dos suspeitos. O tiro acertou o tórax do atleta